Ouvir
O Tempo e a Música
Em Direto
O Tempo e a Música Rui Vieira Nery / Produção: Cristina do Carmo

Concertos

Daniil Trifonov & Selina Ott | 26 Fevereiro | 21h00

Grande Auditório

|

Daniil Trifonov & Selina Ott | 26 Fevereiro | 21h00 Daniil Trifonov & Selina Ott | 26 Fevereiro | 21h00

26 Fevereiro | 21h00
Realização e Apresentação: Reinaldo Francisco 
Produção: Susana Valente

Gravação da Radiodifusão Checa
no Rudolfinum, em Praga, 
a 23 de setembro de 2020


Daniil Trifonov & Selina Ott | Chostakovitch & Dvorák


Daniil Trifonov, piano
Selina Ott, trompete
Orquestra Filarmónica Checa
Direção de Semyon Bychkov


Programa

Dmitri Chostakovitch (1906-1975) 
- Concerto p/ piano, trompete e orquestra de cordas em dó menor, Op. 35

Antonín Dvorák (1841-1904) 
- Sinfonia Nº 8 em sol maior, Op. 88




Consultar página do Concerto, aqui.


     
@Jorge Carmona / Antena 2

Daniil Trifonov nasceu em 1991, em Níjni Novgorod, na Rússia. Estudou com Tatiana Zelikman na Escola de Música Gnesin, em Moscovo, e com Sergei Babayan no Instituto de Música de Cleveland (E.U.A.). Aos dezassete anos foi premiado no Concurso Scriabin, em Moscovo, e no Concurso Internacional de San Marino. Na temporada 2010/11 foi premiado em três dos mais prestigiados concursos internacionais: 3º Prémio no Concurso Chopin de Varsóvia, 1º Prémio no Concurso Rubinstein de Telavive e 1º Prémio e Grande Prémio - este atribuído ao melhor concorrente em todas as categorias da competição - no Concurso Tchaikovsky de Moscovo. 
Desde logo, o jovem pianista motivou os maiores elogios da crítica especializada, sendo apontado como um dos grandes talentos da nova geração. Ao longo dos últimos anos, tocou com muitas das mais prestigiadas orquestras mundiais e maestros de renome internacional, incluindo a Filarmónica de Israel, com Zubin Mehta, a Orquestra Nacional Russa, com Mikhail Pletnev, a Filarmónica de Nova Iorque, com Alan Gilbert, a Sinfónica de Chicago, com Charles Dutoit, a Orquestra da Radio France, com Nikolaj Zneider, a Orquestra do Festival de Budapeste, a Filarmónica de Viena, a Sinfónica de Londres, ou a Orquestra do Real Concertgebouw de Amesterdão. Em 2018, apresentou-se pela primeira vez com a Orquestra Gulbenkian no Grande Auditório, palco onde tocou, em recital, em 2015 e 2016.
Com o álbum Transcendental, com música de Liszt, o seu terceiro título como artista exclusivo do Deutsche Grammophon, Trifonov ganhou o Prémio Grammy de Melhor Álbum Solo Instrumental de 2018. Em 2019, foi vencedor do Grammy Artista do Ano da América Musical.
 

Selina Ott recebeu o 1º Prémio na categoria trompete na ARD International Music Competition Munichem setembro de 2018, com apenas 20 anos de idade.
Foi convidada a apresentar-se com orquestras como a Sinfónica do WDR, Deutsches Symphonie-Orchester Berlin e Tonkünstler-Orchester Niederösterreich, em festivais internacionais como o Bachfest Leipzig, Grafenegg, Rheingau Musik Festival, Sauerland Herbst, Festival Emergents Barcelona, ​​Herbstgold Festival Eisenstadt, Musikfests e Feste de Bremen e em salas de concerto como Wiener Konzerthaus, Musikverein Wien, Philharmonie Berlin, Philharmonie Luxembourg e Konzerthaus Berlin.
Fez a sua estreia solo com orquestras como a Orquestra do Teatro Mariinsky conduzida por Valery Gergiev, Filarmonia Checa conduzida por Semyon Bychkov, WDR Sinfonieorchester, Hamburger Symphoniker, Haydn Philharmonie, Nordwestdeutsche Philharmonie, Collegium Musicum Basel, Philharmonische Orchester Hagen, Kölner Philharmonie, Philharmonie Essen, Wiener Konzerthaus, Mozarteum Salzburg, Musikverein Wien, Rudolfinum Prag, Teatro Musical Basel e Philharmonie Luxemburg.
Selina Ott iniciou os seus estudos musicais aos cinco anos no piano. Um ano depois, começou a estudar trompete com seu pai Erich Ott. Prosseguiu os seus estudos na Universidade de Música e Artes Cénicas em Viena com Martin Mühlfellner e na Universidade de Música de Karlsruhe com Reinhold Friedrich.
Em 2020, Selina graduou-se com distinção (Bacharel em Artes) na classe de Roman Rindberger na Universidade de Música e Artes da Cidade de Viena (MUK).
Frequentou masterclasses com Gabor Tarkövi, Jens Lindemann, Kristian Steenstrup, Allen Vizzutti, Bo Nilsson, Hans Gansch, Guillaume Couloumy e Klaus Schuhwerk.
Na sua jovem carreira, Selina Ott já recebeu oito vezes o primeiro prémio da competição austríaca prima la musica na categoria de trompete solo, a nível regional e nacional, e venceu o Lions Music Prize em 2017.
Selina lançou o seu primeiro álbum em outubro de 2020 em colaboração com a Rádio Orquestra Sinfónica de Viena e Roberto Paternostro com obras de Arutiunian, Peskin e Desenclos na Label O.