Ouvir
Quinta Essência
Em Direto
Quinta Essência João Almeida

Concertos

Duo XL | 20 Novembro 19h00

Museu Nacional de Arte Antiga

|

Duo XL | 20 Novembro 19h00 Duo XL | 20 Novembro 19h00

© Jorge Camona / Antena 2


20 Novembro | 19h00

Auditório do 


Duo XL
Recital

Sérgio Carolino | tuba
Telmo Marques | piano







Programa

Telmo Marques (1963) 

- Waxed Floor (2010/12)*
   p/ tuba e piano

- YATTA-YARIMASHITA (2012)* 
   Sonata p/ tuba e piano
i. Invitation
ii. Preparing the Journey
iii. Staying There
iv. Returning Home

- Tropia (2018)* [estreia mundial da versão p/ tuba] 
   p/ tuba e piano

- Scenes from the City (2008/2018)* 
   p/ tuba e piano
i. Early Morning Fog
ii. Commuters
iii. The City Park
iv. Nightwalk
v. Chez Albert
vi. Late Night Movie

* obras escritas para e dedicadas a Sérgio Carolino e ao DUO XL



Projeto de características singulares, resultante da excelente cumplicidade entre os dois músicos! Com o primeiro CD editado pelas editoras Afinaudio (Portugal) e na Octavia Records, Inc. (Japão) apresentado em Julho de 2014 num recital no auditório da Escola Superior de Música da Catalunha (Barcelona), disco esse dedicado à música de vários compositores portugueses, o duo interpreta obras originais escritas e dedicadas ao projeto, composta por compositores de várias nacionalidades, tais como: Telmo Marques, Carlos Azevedo, Bernardo Sassetti, Filipe Raposo, Luís Cardoso, Ângela da Ponte, António Pinho Vargas, Daniel Moreira, Carlos Guedes, Filipe Melo, Daniel Bernardes, Eurico Carrapatoso, Paulo Perfeito, João Grilo, (Portugal), Jerry Grant, Howie Smith e Tim Higgins (EUA), Daniel Schvetz (Argentina), Paul Terracini (Austrália), Didier Goret e Mico Nissim (França). 


O duo tocou na noite de Gala da Japan Band Clinic 2012, no Grande Auditório do Centro Cultural da cidade de Hamamatsu para uma plateia composta por cerca de 2000 pessoas, tendo efectuado também recitais no Grande Auditório da Yamaha Corporation, em Ginza, Tóquio e na cidade de Osaka, no Auditório do Conservatório de Santiago de Compostela (Galícia – Espanha). Em 2013, apresentou-se em recital na cidade de Reiquejavique (Islândia) inserido no Festival BrassBylba, na Eslovenia, no Grande Auditório do Centro Cultural e Congressos de Caldas da Rainha - CCC, na Escola Superior de Música Artes e Espetáculo (ESMAE) do Instituto Politécnico do Porto. Em 2014 o duo apresentou-se no Auditório da Covilhã – MOAGEM, no Cineteatro de Alcobaça, concerto inserido no Festival Cistermúsica, na Eslovénia e no Auditório do Conservatório Calouste Gulbenkian de Aveiro. O duo apresentou-se em 2016 na Sala 2 da Casa da Música, Porto onde se estreou em versão de XL Trio com Jeffery Davis no vibrafone, estreando obras originais, escritas e dedicadas ao trio pelos compositores Paulo Perfeito, Jeffery Davis e Telmo Marques. Preparam neste momento o segundo registo discográfico assim como uma digressão nacional.





Transmissão direta
Realização e Apresentação: João Almeida
Produção: Anabela Luís



Sérgio Carolino, tubista português e Artista Internacional Yamaha, é um dos tubistas mais aclamados no panorama internacional, em constante atividade como solista e professor nos mais diversos festivais de música, conservatórios e universidades um pouco por todo o mundo (da Europa à Austrália, passando pela Ásia e Américas). Recebeu por quatro vezes o Roger Bobo Award Prize for Excellence in Recording pelos discos: Steel aLive!, a sua estreia a solo; Agreements & Disagreements, do projecto 2tUBAS&friends com Anne Jelle Visser; Pop&Roll, do seu grupo The Postcard Brass Band; e Sérgio Carolino presents Mr. SC & The Wild Bones Gang. Em Portugal recebeu o Prémio de Músico Revelação de Jazz 2004, pelo crítico de jazz José Duarte, e o Prémio Carlos Paredes pelo 1º disco do trio TGB – TubaGuitarra&Bateria)(Clean Feed). Em 2013, venceu o Prémio SPA 2013 na Categoria de Música Erudita, pelas obras editadas em 2012 e ação divulgadora da música portuguesa, entregue na Gala SPA/RTP no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém (CCB) em Lisboa, e a qual teve transmissão em direto na televisão pública portuguesa – RTP1. 
“Dono” de uma discografia considerável com os seus mais diversos e ecléticos projetos, alguns dos quais premiados internacionalmente, Sérgio tem um vasto leque de interesses e uma curiosidade musical que o leva por diferentes caminhos de expressão musical, desde o típico repertório clássico ao mais puro jazz e música improvisada. Estabeleceu-se como um virtuoso no repertório standard e contemporâneo para tuba. 
Sérgio tem mais de 300 obras escritas para e dedicadas a si por compositores dos cinco continentes e para as mais diversas formações e estilos musicais! Desde 2000, está envolvido em novos e inovadores projetos musicais: os TGB com Mário Delgado (guitarra) e Alexandre Frazão (bateria), 2tUBAS&friends com Anne Jelle Visser (tuba), Duo XL com Telmo Marques (piano), European Tuba Trio com François Thuillier (tuba) e Anthony Caillet (eufónio), The Postcard Brass Band, o projeto TUBAX DUO com Mário Marques (saxofone), e COLOR WHEEL ENSEMBLE com Mário Maques, Telmo Marques & Quarteto de Cordas, Mr SC & The Wild Bones Gang, o Duo TUBAB duo com o baterista Jorge Queijo, Surrealistic Discussion com jovem virtuoso João Barradas, Funky Bones Factory!, o CONICAL BRASS com Jeff Nelsen (trompa) e Telmo Marques (piano), o TransAtlantic Tuba Connection com Mike Forbes (tuba) e Pedro Silva (bateria). Fundou SubWoof3r Trio com Gil Gonçalves (tuba) e Miguel Moreira (bateria), o Duo Moderato Tangabile com o pianista/compositor Argentino Daniel Schvetz, o YAMAHA TUBA DUO com o tubista japonês Shimpei Tsugita, DUO AR. com a cantora, improvisadora e ícone mundial, MARIA JOÃO. É ainda membro do Crossfade Ensemble, liderado pelo pianista/compositor Daniel Bernardes e que conta com os músicos Mário Marques, Ricardo Toscano, Hugo Assunção, Jeffery Davis e João Barradas. Dos seus mais recentes projetos, é de realçar o Duo ADAMASTOR com Cândido Fernandes (piano), o quarteto de funk, drum&bass, Hip-Hop, R&B, Soul R’B&MrSC com Ruben da Luz (trombone e electrónica), Rui Bandeira (trombone baixo e loop station) e João Martins (bateria), e o ensemble T’N T “Tuba ’n Tuba” com GENE POKORNY (tuba principal da Chicago Symphony Orchestra) e Telmo Marques (piano). Mais recentemente formou o DUO SINERGIA com o pianista Bernardo Pinhal. 
Atualmente, Carolino é professor de tuba na Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo (ESMAE) do Instituto Politécnico do Porto (IPP), no Conservatório Superior de Música de Aragão CSMA (Saragoça,Espanha, diretor da classe de mestrado em performance) e, desde 2002, tuba solo/ principal da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música. É ainda o fundador, diretor artístico e musical do Ensemble Português de Metais MASSIVE BRASS ATTACK! e diretor artístico do Festival e Academia Internacional de Metais Graves de Alcobaça - GRAVÍSSIMO! Foi solista com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, onde estreou mundialmente o Concerto para Tuba e Orquestra, Op. 144 (obra a si dedicada) do compositor António Victorino D’Almeida, e mais recentemente, o Concerto para Tuba e Orquestra – Impermanentia do compositor Paulo Perfeito (também dedicado a ele), sob a direção de Christian Lindberg. Em 2006 fez a estreia mundial da obra Hangin’ from the Strings – Fantasia p/ tuba, orquestra de cordas e harpa de Paulo Perfeito, com a Orquestra de Cordas da Universidade de Melbourne, inserido no Melbourne International Festival of Brass, fazendo a estreia nacional da obra em 2007 com a Orquestra do Algarve sob a direção do maestro Osvaldo Ferreira. Foi também solista convidado com a Tromso Chamber Orchestra na Noruega, onde estreou mundialmente ao lado do eufonia Thomas Ruedi a o duplo concerto para eufónio, tuba e orquestra de cordas Wave, Curve, Connect the Dots da comporia Lene Grenager. Em Novembro de 2012 foi solista com a Fundação Orquestra Estúdio, no âmbito do Guimarães 2012 – Capital Europeia da Cultura, onde estreou a obra SoNotas – Concertino para Tuba e Orquestra de Cordas do compositor Francisco Loreto. Em Agosto de 2015 foi solista com a Orquestra Sinfónica Provincial de Santa Fé (Argentina), interpretando o cONCERTO fOR tUBA, Op. 139 de Jorge Salgueiro e mais recentemente interpretou novamente a obra na famosa sala de concertos do Conservatório de Música P. I . Tschaikowsky em Moscovo com a Svetlanov Russian State Symphony Orchestra sob a direção do maestro Vladislav Lavrik. Toca e grava com regularidade com a famosa Banda Sinfónica Portuguesa (BSP) sob a direção artística e musical do maestro Francisco Ferreira e José Rafael Pascual Vilaplana, onde teve oportunidade de tocar, estrear e gravar obras dos compositores Jorge Salgueiro cONCERTO fOR tUBA, Op. 139, Telmo Marques Guide to the Glory, Luís Cardoso Duplo Concerto para Saxofone Tenor, Tuba e Banda, Op. 33 (com Mário Dinis Marques), Daniel Moreira Flashback, Daniel Martinho Constellations, Samuel Pascoal Duplo Concertino para Eufónio, Tuba e Banda (com Ricardo Antão), Andrew Batterham Concertino para Tuba e Banda e Frank Steckar Trois Mousses de Terre, esta última com o seu trio de tubas jazz European Tuba Trio.  
Sérgio toca com a sua coleção bocais de Assinatura SÉRGIO CAROLINO: SC-0F e SC-0C, fabricados pelo mestre Hirotaka Nakai do Atelier MoMo (Osaka/Japão), usando ainda a surdina Mushroom Cupe Mute, desenhada por si e fabricada pelo Austríaco J. Schlipfinger. Em 2010 concebeu um novo e único instrumento, o qual batizou com o nome de Lusofone ‘Lúcifer’, inspirado no Orenophone do grande amigo e virtuoso tubista Britânico - Oren Marshall, e construído pelos mestres norte-americanos, Tim Sullivan e Harold Hartman. 
Um apaixonado pela vida, Sérgio adora cinema, mitologia, ler, pescar, passar tempo com os seus amigos e, desde à quatro anos de estar e passear com o seu fiel amigo (e “artista”) SPARKY, o Basset Hound.





Telmo Marques, pianista, compositor, nasceu no Porto em 1963. Estudou com Fernanda Wandschneider, Hélia Soveral, Fernando Lapa, Cândido Lima, Jean Martin, Carlos Cebro, Fernando Puchol, Paul Trein, Miguel Ribeiro Pereira e Robert Houlihan. Terminou em 1988 o antigo Curso Superior de Piano do Conservatório de Música do Porto com nota máxima. É licenciado em piano pela Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo (Prémio Eng. António de Almeida - melhor classificação); Master of Arts pela Universidade de Roehampton, Reino Unido; Doutorado em Computer Music pela Universidade Católica Portuguesa (summa cum laude). 
Mantém uma actividade de concertista em recitais, ações de formação e concertos pedagógicos. Dirigiu a Orquestra Jazz de Matosinhos Júnior (OJM junior). Desenvolve a sua atividade de pianista e compositor tanto em Portugal como no estrangeiro: Madrid, Barcelona, Tenerife, Paris, Hamburgo, Frankfurt, Düsseldorf, Luxemburgo, Genève, Zurich, Macau, Hong Kong, Tokyo e Osaka são alguns exemplos. 
Recebe encomendas de obras para o teatro, meios publicitários, organismos culturais e artistas independentes – PORTO 2001 Capital Europeia da Cultura, Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, Quarteto de Cordas de Matosinhos, Orquestra Jazz de Matosinhos, etc. 
Conta com mais de 100 participações discográficas como intérprete, compositor e arranjador. Algumas das suas obras estão publicadas em partitura pelas editoras AVA editions, BIM editions e Molenaar editions. 
Atualmente é professor Adjunto na ESMAE e diretor do Departamento de Música. Leciona as disciplinas de Análise Musical, Técnicas Composicionais e composição. A sua atividade de investigação é desenvolvida no CITAR como membro integrado e no I2ADS como investigador colaborador.














Fotos Jorge Carmona / Antena 2 RTP