Ouvir
Olhar a Lua
Em Direto
Olhar a Lua Tomás Anahory

Concertos

Rui Caetano Trio | 22 Janeiro 19h00

Liceu Camões

|

Rui Caetano Trio | 22 Janeiro 19h00 Rui Caetano Trio | 22 Janeiro 19h00

© Jorge Carmona / Antena 2


22 Janeiro | 19h00

Auditório do
Liceu Camões         
Entrada Livre


Rui Caetano Trio

Rui Caetano, piano
Carlos Barretto, contrabaixo
Alexandre Frazão, bateria

Concerto de lançamento do álbum Output






Transmissão direta
Apresentação: João Almeida
Produção: Anabela Luís






Alexandre Frazão | Natural de Niteroi, no Rio de Janeiro, veio para Portugal com 19 anos, onde se radicou desde 1987. No Brasil estudou no Conservatório em 1984. Estudou ainda com Alan Dawson, Kenny Washington e Max Latães. Em Portugal dedicou-se principalmente ao jazz e à música improvisada, tendo colaborado ao longo dos anos com prestigiados músicos de Jazz, entre outros com Maria João e Mário Laginha, Bernardo Sassetti, Perico Sambeat e Mark Turner. Pela sua versatilidade, é frequentemente solicitado para gravar com músicos de outros idiomas musicais, tendo trabalhado, por exemplo, com os Resistência, Pedro Abrunhosa e Rui Veloso. Com os vários grupos que integrou ou integra, tem feito vários concertos em Portugal e no estrangeiro, participando ainda em inúmeros festivais, dos quais se destacam Jazz em Agosto, Festival Europeu do Porto, Jazz em Serralves e Festival Internacional de Macau. 
Atualmente Alexandre Frazão participa regularmente no grupo Tim Tim por Tim Tum - grupo de 4 baterias -, no grupo Led On - tributo aos Led Zeppelin - com os Dead Combo, TGB e com o Rui Caetano Trio, mantendo no entanto uma atividade regular com outros artistas de Jazz e de outras áreas musicais.




Carlos Barretto | Quando se fala de Jazz em Portugal, o seu nome é uma referência de mérito incontornável. A crescente internacionalização da sua atividade artística tem levado a sua música a muitos destinos, tanto na Europa como no resto do mundo, sempre com rasgados elogios por parte da crítica especializada. Após concluir o curso do Conservatório Nacional de Música de Lisboa, Carlos Barretto residiu em Viena de Áustria (1980-1982) a fim de se especializar na música erudita, estudando com Ludwig Streischer, um dos grandes mestres mundiais do contrabaixo.
Decide então dedicar a sua carreira profissional à música improvisada, residindo em Paris, cidade a partir da qual teve a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do Jazz, atuando nos mais prestigiados festivais por toda a Europa. De regresso a Portugal em 1993, iniciou os seus projectos como líder e compositor, tendo gravado 9 CDs em nome próprio e colaborado em mais de 20 obras de músicos como Bernardo Sassetti, Carlos Martins, Bob Sands, Georges Cables, Mário Delgado e mais recentemente, Rui Caetano. Nas suas atuações, é notória a evolução estética da sua música, desde o neo-bop até ao Jazz europeu contemporâneo. 
Atualmente integra vários projetos, entre eles: Carlos Barretto Lokomotiv; LST -Lisboa String trio; Guitolão - com António Eustáquio; Carlos Martins quarteto; Carlos Barretto - Solo pictórico e Rui Caetano Trio. Trabalhou com inúmeros artistas da cena internacional, destacando-se Lee Konitz, Gary Bartz, Steve Lacy, Brad Mehldau, Art Farmer, Perico Sambeat, Mário Laginha, Joe Chambers e Gary Burton.



Rui Caetano | Com a formação iniciada na música clássica, centrada no Jazz e passando pelo Pop, foram vários os projetos com os quais colaborou. Foi no entanto o Jazz que permitiu a expressão da sua própria música. Vai para Nova Iorque onde, em 2001, obtém a Licenciatura em Jazz e Música Contemporânea pela New School University. Nesse período tem oportunidade de estudar com alguns dos melhores músicos de Jazz de sempre. Hal Galper, Cecil McBee, Joe Chambers, Phil Markowitz e Chico Hamilton foram os mais determinantes. 
Um dos dinamizadores do ensino do Jazz em Portugal, participou nos mais variados projetos de Jazz nos últimos 15 anos. Lidera as suas próprias formações dedicadas à interpretação de composições originais, com dois CDs editados com o Rui Caetano Trio - Reflexos em 2008 e Invisível em 2010 - tendo participado em variados projetos com alguns dos mais prestigiados músicos do panorama jazzístico em Portugal, atuando regularmente nos mais variados palcos nacionais. 
Edita agora o terceiro CD do Trio, Output, com Carlos Barretto no contrabaixo e Alexandre Frazão na bateria, na afirmação de uma linguagem própria e uma identidade bem definidas.










Fotos Jorge Carmona / Antena 2