Ouvir
Música Contemporânea
Em Direto
Música Contemporânea Pedro Coelho

Ópera

Met | Alban Berg | Wozzeck | 11 Janeiro 18h00

Transmissão direta

|

Met | Alban Berg | Wozzeck  | 11 Janeiro 18h00 Met | Alban Berg | Wozzeck  | 11 Janeiro 18h00

11 Janeiro | 18h00

de Nova Iorque    


Alban Berg | Wozzeck 

Marie: Elza van den Heever (S)
Margret: Tamara Mumford (CA)
Tambor Mor: Christopher Ventris (T)
Capitão: Gerhard Siegel (T)
Andres: Andrew Staples (T)
Wozzeck: Peter Mattei (BT)
Médico: Christian Van Horn (B)

Coro e Orquestra do Metropolitan
Direção de Yannick Nézet-Séguin 




Para ler mais sobre esta récita, clicar aqui.







Transmissão em direto
a partir de The Metropolitan Opera de Nova Iorque
Realização e Apresentação: André Cunha Leal
Produção: Susana Valente





Ópera em três atos

Música de Alban Berg (1885-1935)
Libreto de Alban Berg,  baseada na peça (incompleta) e homónima do dramaturgo alemão Georg Büchner intitulada Woyzeck.
 Georg Büchner

Esta é a primeira e mais famosa ópera do compositor austríaco Alban Berg.
Foi composta entre 1914 e 1922 e foi apresentada pela primeira vez em 1925. Com o início da Primeira Guerra Mundial, interrompe os trabalhos e é sómente após deixar o seu regimento em 1917 e 1918 que consegue dedicar tempo para a terminar. A experiência de Berg na guerra teve um impacto pronunciado na direção da composição de Wozzeck.
Erich Kleiber foi o maestro da estreia de Wozzeck na Ópera Estatal de Berlim em 14 de Dezembro de 1925.

Wozzeck é um dos mais famosos exemplos de atonalidade. Berg segue as pisadas do seu mestre Arnold Schoenberg ao usar a atonalidade livre para expressar emoções e os processos de pensamento das personagens em palco, e potenciando assim a dramatização dos temas da alienação e loucura.

Berg não concretizou temporal e espacialmente o argumento desta ópera. Pela peça de Büchner, pode-se supor que um cenário apropriado seja Leipzig, na Alemanha, por volta de 1821. No entanto, as ideias universais da obra superam de longe qualquer tentativa forçada de precisão histórica. A nova produção de William Kentridge atualiza a ação para o período anterior à Primeira Guerra Mundial.


Para saber mais sobre o argumento e os antecedentes desta ópera, clicar aqui.