Ouvir
Fuga da Arte
Em Direto
Fuga da Arte Ricardo Saló

Ópera

Richard Strauss | Elektra | 1 a 7 Fevereiro

TNSC | Centro Cultural de Belém

|

Richard Strauss | Elektra | 1 a 7 Fevereiro Richard Strauss | Elektra | 1 a 7 Fevereiro

© Jorge Carmona / Antena 2


A Antena 2 acompanhou o ensaio geral da obra de Richard Strauss, Elektra, sob a direção musical de Leo Hussain e encenação de Nicola Raab, que é levada ao palco do CCB e integrada na

Temporada Lírica do Teatro Nacional São Carlos

Grande Auditório do 

1  e 7 Fevereiro | 20h00
4 Fevereiro | 16h00



de Richard Strauss (1864-1949)
em versão semi-encenada

Ópera em um ato, 
libreto de Hugo von Hofmannsthal (1874-1929) segundo Sófocles

Premonitório e tremendo, um acorde orquestral, inicia e remata porventura a mais sangrenta de todas as óperas: um pai (Agamémnon) entrega a filha (Ifigénia) à deusa em troca de uma expedição venturosa, a sua mulher (Clitemnestra) vinga-se assassinando-o no ajudada pelo seu amante (Égisto). Uma filha (Electra) anseia a hora da vingança pela morte do pai, e a irmã (Crisotémis), dócil e fértil, espera somente o amor de um homem. Após tão esperado regresso, será o irmão delas (Orestes) a matar a própria mãe e o amante.

Num só ato de rara violência vocal e orquestral, eis a recriação freudiana da tragédia de Sófocles onde um sublime lirismo alterna com a obsessão histérica e violenta de Electra, princesa de Micenas. Um quarto de século após Parsifal e um quarto de século antes do advento do nazismo, Elektra marca o primeiro encontro de Richard Strauss com uma figura feminina da Antiguidade (seguir-se-iam Ariadne, Helena, Dafné e Dánae) e também com Hugo von Hofmannsthal, autor e poeta vienense que escreveria, nos 20 anos seguintes, mais cinco libretos para Strauss numa das mais notáveis parcerias da História da Ópera. Elektra assinalará o regresso Portugal do soprano alemão Nadja Michael que tem vindo a notabilizar-se internacionalmente em repertório de Wagner, Strauss, Janácĕk e Bartok.






Elektra: Nadja Michael
Chrysothemis: Allison Oakes
Klytämnestra: Lioba Braun
Orest: James Rutherford
Aegisth: Marco Alves dos Santos
O Precetor de Orest: Mário Redondo
Confidente: Sónia Alcobaça
Velho servo: Rui Baeta
Jovem servo: João Terleira
Vigilante: Patrícia Quinta
Criadas: Maria Luísa de Freitas, Cátia Moreso, Paula Dória, Carla Simões, Filipa van Eck
Caudatária: Ana Cosme

Direção Musical Leo Hussain
Encenação Nicola Raab
Cenografia e figurinos Luís F. Carvalho
Desenho de Luz Nuno Meira

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
Maestro Titular Giovanni Andreoli
Orquestra Sinfónica Portuguesa
Maestrina Titular Joana Carneiro





Nova produção TNSC / CCB




Fotos de Jorge Carmona / Antena 2 RTP