Ouvir
Café Plaza
Em Direto
Café Plaza Germano Campos

Outros Concertos

Homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen | 16 Junho

Centro Cultural de Belém

|

Homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen | 16 Junho Homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen | 16 Junho

© Jorge Carmona / Antena 2


16 Junho | 17h00

Grande Auditório do
Entrada Gratuita

Homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen 


Orquestra Sinfónica Juvenil
Coro do Instituto Gregoriano de Lisboa

Armando Possante, barítono
Francisco Lima Santos, violino
Pedro Gomes Silva, violoncelo
João Barata, piano

Christopher Bochmann, direção musical


Programa

Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Abertura A Consagração da Casa, op. 124

Christopher Bochmann (1950) - Um Leve Tremor, sobre poema de Sophia de Mello Breyner Andresen | Estreia Mundial
Parte I
Refrão I
Interlúdio I
Devagar no Jardim
Refrão II
Interlúdio II

Parte II
Refrão III
O Silêncio e a Solidão
Interlúdio III
Refrão IV

Parte III
A Noite Imóvel
Interlúdio IV
Deixai-me com a Sombra
Interlúdio V

Parte IV
Um leve Tremor Precede a Madrugada


Ludwig van Beethoven (1770-1827) - Triplo Concerto, Dó maior, op. 56
I. Allegro 
II. Largo 
III. Rondó: Alla polaca




Fundada em 1973, a Orquestra Sinfónica Juvenil (OSJ) é, hoje, reconhecida como uma instituição fundamental no panorama músico-pedagógico português.
A presença da OSJ nas Comemorações do Centenário do Nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen é particularmente simbólica, responsabilizante e representa um momento de grande significado para a orquestra.
A estreia mundial de uma obra de Christopher Bochmann sobre poemas de Sophia marca de forma emblemática esta prestação da Orquestra Sinfónica Juvenil, em conjunto com o Coro do Instituto Gregoriano, a barítono Armando Possante, e três laureados do Prémio Jovens Músicos, Francisco Lima Santos, no violino, Pedro Gomes Silva, no violoncelo, e João Barata, ao piano.





Concerto gravado para posterior transmissão.
Produção: Alexandra Louro de Almeida



Madrugada

Um leve tremor precede a madrugada
Quando mar e céu na mesma cor se azulam
E são mais claras as luzes dos barcos pescadores
E para além de insânias e rumores
A nossa vida se vê extasiada

Sophia de Mello Breyner Andresen



Francisco Lima Santos

Pedro Gomes Silva

João Barata





Fotos Jorge Carmona / Antena 2