Ouvir
Notas Finais
Em Direto
Notas Finais João Pedro

Concertos

Artur Pizarro | 17 Maio 21h00

Grande Auditório

|

Artur Pizarro | 17 Maio 21h00 Artur Pizarro | 17 Maio 21h00

SIPO - Semana Internacional de Piano de Óbidos

Auditório Municipal da Casa da Música de Óbidos
Gravação em 17 de agosto de 2017


Recital Artur Pizarro, piano


Programa

W. A. Mozart (1756-1791) - Rondo em ré maior KV.485

R. Schumann (1810-1856) - Davidsbündlertaenze, op. 6

C. Debussy(1862-1918) - Suite Bergamasque

F. Chopin (1810-1849) - Andante Spianato & Grande Polonaise Brillante op. 22



Grande Auditório    
Apresentação: Reinaldo Francisco
Produção: Alexandra Louro de Almeida / Cristina do Carmo / Zulmira Holstein




Artur Pizarro nasceu em Lisboa em 1968. Tocou pela primeira vez em público aos três anos de idade e apresentou-se na televisão portuguesa aos quatro. Foi a sua avó materna, a pianista Berta da Nóbrega, quem primeiro lhe despertou o gosto pelo piano, no que foi secundada pelo seu companheiro de duo de piano Campos Coelho, aluno de Vianna da Mota, de Ricardo Viñes e de Isidor Philipp. Entre 1974 e 1990 estudou com Sequeira Costa, que fora também aluno de Vianna da Motta e de Mark Hamburg, Edwin Fischer, Marguerite Long e Jacques Février. Esta distinta linhagem levou Artur a dedicar-se à Idade de Ouro do pianismo e garantiu-lhe uma educação vasta nas escolas e nos repertórios para piano alemão e francês. 
Durante uma breve interrupção dos seus estudos nos EUA, trabalhou com Jorge Moyano em Lisboa e também com Aldo Ciccolini, Géry Moutier e Bruno Rigutto em Paris.
Ganhou o Concurso Vianna da Motta de 1987, a edição de 1988 do Greater Palm Beach Symphony Competition e o Concurso Internacional de Piano de Leeds de 1990, o que marcou o início de uma carreira internacional.
Artur Pizarro apresenta-se internacionalmente em recital e em música de câmara e com as principais orquestras e maestros, como Sir Simon Rattle, Philippe Entremont, Yan Pascal Tortelier, Sir Andrew Davis, Esa-Pekka Salonen, Yuri Temirkanov, Vladimir Fedoseyev, Ilan Volkov, Franz Welser-Most, Tugan Sokhiev, Yakov Kreizberg, Yannick Nézet-Séguin, Libor Pešek, Vladimir Jurowski e Sir Charles Mackerras.
É um músico de câmara ativo que já tocou em festivais de música de câmara de todo o mundo. O pianista já gravou para as editoras Collins Classics, Hyperion Records, Linn Records, Brilliant Classics, Klara, Naxos, Danacord, Odradek Records e Phoenix Edition.
Já recebeu diversos prémios pelas suas contribuições para a música clássica e para a cultura, incluindo o Prémio de Imprensa Portuguesa, prémio da Sociedade Portuguesa de Autores, a Medalha da Cultura da Cidade do Funchal e a Medalha de Mérito Cultural do Governo português





Fotos Jorge Carmona / Antena 2 RTP
no SIPO 2017