Ouvir
Café Plaza
Em Direto
Café Plaza Germano Campos

Destaques

Entrevista | Dorota Kobiela e Hugh Welchman | Loving Vincent

A Ronda da Noite

|

Entrevista | Dorota Kobiela e Hugh Welchman | Loving Vincent Entrevista | Dorota Kobiela e Hugh Welchman | Loving Vincent

Os realizadores do filme de animação Loving Vincent, agora nomeado para os Óscares 2018, foram entrevistados por Luís Caetano para A Ronda da Noite, aquando da sua passagem por Portugal para a estreia de

A Paixão de Van Gogh / Loving Vincent
por Dorota Kobiela e Hugh Welchman 


Para ouvir a entrevista por Luís Caetano,
realizada a 8 Janeiro 2018, clicar aqui.



A Paixão de Van Gogh / Loving Vincent é a primeira longa-metragem inteiramente feita de quadros pintados. Todos os frames deste filme – mais de 65 000 – foram pintados à mão, com a técnica de óleo sobre tela, ao estilo de Van Gogh, por uma equipa de 125 artistas, depois das filmagens com atores reais. 

O filme pode ser considerado uma revolução no mundo da animação, um marco na história do cinema, ao ser usada uma técnica inédita, para além de ser um filme genial e maravihoso sobre os últimos meses da vida de Van Gogh. 





Uma investigação à vida e controversa morte de Vincent Van Gogh, contada através das suas pinturas e dos que com ele privaram. 
Joseph Roulin é o carteiro que Van Gogh pintou e com quem estreitou amizade. Não se convencendo da teoria do suicídio do pintor, envia o seu filho Armand entregar a última carta que o artista havia dirigido ao irmão, Theo. Ainda que resignado, Armand parte em missão. Quando descobre que o irmão tinha morrido pouco depois de Vincent, começa uma série de encontros com as várias personagens que cruzaram a vida do artista antes dele morrer.
Quanto mais pessoas ouve, mais a teoria do suicídio lhe parece infundada. 
A quem poderá ele entregar a carta, quando todos parecem culpados da morte do pintor?



Dorota Kobiela e Hugh Welchman, os realizadores, contam pois a história por detrás da morte do pintor em 1890, criando um ambiente verídico quer no guarda-roupa quer nos cenários onde foram filmados os atores. 
Ao mesmo tempo que decorriam as filmagens, foram convidados e selecionados os artistas plásticos que iriam dar vida aos quadros do pintor, e recriar cada uma das frames do filme.

Com esta técnica, que reune as duas formas de arte, o cinema e a pintura, muitos dos quadros de Van Gogh, desde A Noite Estrelada ao Terraço de Café à Noite, ganham vida, servindo simultaneamente de cenários em várias cenas. 
O filme, deslumbrante visualmente, vai buscar também um pouco das narrativas do cinema clássico, pela sua intriga policial que prende o espetador até ao fim.






Dorota Kobiela, após cursar a Universidade de Belas Artes de Varsóvia, trabalhou em animação e pintura e, nos anos seguintes, realizou várias curtas-metragens. 

Hugh Welchman começou a sua carreira como produtor dos Monty Python. Em 2007, ganhou um Óscar pela curta-metragem de animação Pedro e o Lobo, que produziu.