Governo português acompanha situação da central nuclear de Almaraz

| País

O primeiro-ministro, António Costa, disse hoje que o governo português mantém contactos ao nível político e técnico junto do executivo espanhol para acompanhar os dados, que disse serem tranquilizadores, sobre a central nuclear de Almaraz.

"Ainda em maio a Autoridade Portuguesa do Ambiente solicitou informações ao conselho de segurança nacional espanho, uma reunião técnica, para irmos acompanhando a avaliação e todos os dados que são fornecidos relativamente à segurança da central", disse António Costa, em resposta a uma pergunta do deputado do PAN, André Silva.

António Costa acrescentou que o governo português tem "acionado os mecanismos bilaterais" para acompanhar a situação, tendo em conta que está em causa a segurança das populações e do ambiente, adiantando que os dados têm sido "tranquilizadores sobre a situação" da central nuclear.

A Assembleia da República aprovou no passado dia 30 de abril duas recomendações, uma do PAN e outra do BE, ao Governo para que intervenha junto de Espanha para o encerramento da central nuclear de Almaraz, situada a 100 quilómetros da fronteira com Portugal.

A funcionar desde o início da década de 1980, a central está situada junto ao rio Tejo e faz fronteira com os distritos portugueses de Castelo Branco e Portalegre, sendo Vila Velha de Ródão a primeira povoação portuguesa banhada pelo Tejo depois de o rio entrar em Portugal.

No debate, o deputado do PAN frisou que a central nuclear "é uma bomba relógio" e que os custos de um eventual acidente "são incomportáveis", lembrando que está planeada uma manifestação em Cáceres, Espanha, em defesa do encerramento da central nuclear.

Tópicos:

Cáceres, Velha,

A informação mais vista

+ Em Foco

Meio século depois, o Parlamento soviético dos finais da Guerra Fria repudiou o Pacto. Decorridos mais 30 anos, Putin quer reabilitá-lo.

    A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.