Urgência do São José está em ponto de rotura, avisa Sindicato dos Médicos da zona Sul

por Antena 1

Foto: RTP

É uma denúncia do Sindicato dos Médicos da zona Sul. O serviço de urgência do Hospital de São José, em Lisboa, está a chegar a um ponto de rotura.

O sindicato adianta que a urgência é assegurada por apenas dois ou três médicos sem especialidade, contratados a recibos verdes, para prestar cuidados de saúde a doentes triados para observação, pela especialidade de Medicina Interna.

Uma situação, que na leitura da sindicalista Guida da Ponte, coloca em causa a saúde dos doentes e o desempenho profissional dos médicos.

Os próximos meses são considerados determinantes para avaliar a capacidade do SNS na resposta aos períodos de Outono e Inverno.
pub