Conversa Capital com Manuel Machado

| Conversa Capital
Conversa Capital com Manuel Machado

Foto: Antena1

Há abertura do governo para discutir o pacote financeiro da descentralização

Manuel Machado acredita que é possível dar por concluída a discussão em torno da descentralização e da lei das Finanças Locais até ao verão. Não adianta valores para o pacote financeiro da descentralização porque, diz, é matéria ainda em análise. O presidente da Associação Nacional dos Municípios considera que tem existido abertura, por parte do governo para esta discussão, até para evitar que o processo seja posto em causa.

Manuel Machado continua a dizer que não será exequível ter a floresta toda limpa “nem a 30 de junho”. Acredita que continuarão a existir "situações de risco" mas admite que as prioridades serão cumpridas e que Portugal será "um país mais seguro e mais livre de perigo".

Quanto às sanções administrativas a aplicar às autarquias e que correspondem a 20 por cento dos duodécimos que recebem do Fundo de Equilibro Financeiro, Manuel Machado adianta que não há condições para que isso aconteça, nem a 31 de maio, nem a 30 de junho, nem depois porque a medida não é constitucional.

Pode ver aqui na íntegra esta entrevista de Manuel Machado a Rosário Lira (Antena 1) e Salomé Pinto (Jornal de Negócios):

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.