Prémio Cerâmica Ascer 2014 em arquitetura atribuído a dupla de portugueses

| Cultura

O Prémio Cerâmica Ascer 2014, na categoria de Arquitetura, no valor de 17 mil euros, foi atribuído à dupla de arquitetos portugueses Vasco Correia e Patrícia de Sousa, pelo projeto de uma casa no Príncipe Real, em Lisboa.

De acordo com a organização, o prémio, dividido nas categorias de arquitetura e interiorismo, com 13 edições, apenas foi atribuído duas vezes fora de Espanha e, pela primeira vez, a um projeto português.

O projeto é da autoria da Camarim Arquitectos - atelier de Vasco Matias Correia e Patrícia Ferreira de Sousa - que foi destacado pelo júri como "uma brilhante interpretação da utilização [do azulejo] no centro histórico de Lisboa".

Localizada junto ao jardim do Príncipe Real, a habitação vencedora tem cinco pisos e a fachada totalmente revestida de azulejos.

O prémio Ascer foi atribuído por um painel de jurados que inclui Martha Thorne, diretora do Prémio Pritzker, Fernando Márquez Cecilia, diretor da revista de arquitetura El Croquis, e Emilio Tuñon, arquiteto galardoado com o Prémio de Arquitetura Mies Van der Rohe.

A cerimónia de entrega decorrerá no início de fevereiro de 2015, em Valência, Espanha.

Tópicos:

Arquitetura Mies Van, El Croquis, Matias Correia, Pritzker, Príncipe, Valência,

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.