Motoristas de transporte de matérias perigosas saudaram o fim da greve

| Economia
Motoristas de transporte de matérias perigosas saudaram o fim da greve

A ver: Motoristas de transporte de matérias perigosas saudaram o fim da greve

Durante três dias e algumas horas, 800 homens quase pararam o País. Muitos destes trabalhadores regressaram ao trabalho logo pela manhã.

Durante a manhã o movimento de camiões voltou à rotina habitual tanto em Leça da Palmeira na Petrogal como em Aveiras na companhia logística de combustível o que significa que as bombas de gasolina por todo o páis começaram a sair da reserva.

Os motoristas de matérias perigosas apelam agora ao fim das corridas às bombas de combustível. O sindicato acredita que em 48 horas a situação vai estar normalizada.

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.