Rendas EDP. Luís Amado diz que o caso tem servido como arma de arremesso político

| Economia
Rendas EDP. Luís Amado diz que o caso tem servido como arma de arremesso político

A ver: Rendas EDP. Luís Amado diz que o caso tem servido como arma de arremesso político

O Presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP diz que o caso das rendas excessivas está a desgastar a empresa. E que tem serviço de arma de arremesso político na campanha eleitoral.

Em entrevista à Antena 1 e Jornal de Negócios, Luís Amado assume ainda que a EDP poderá vir a reduzir a presença em Portugal.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um dos nomes mais importantes da arte contemporânea está a preparar uma intervenção artística em Portugal. O criador chinês Ai Weiwei acredita que, no futuro, Hong Kong e Macau não vão ser controlados pela China.

Em entrevista à Antena 1 e ao Negócios, o secretário de Estado adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, diz que um entendimento à esquerda é mais natural.

    Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.