Estimativa Universidade Católica. Abstenção pode atingir os 70%

| Eleições Europeias 2019

|

De acordo com o CESOP- Universidade Católica, a estimativa de participação nas eleições europeias é de 30 a 35 por cento. No pior dos cenários, a abstenção poderá atingir um máximo de 70 por cento, um valor histórico. No cenário de 35 por cento dos eleitores votarem, a abstenção ficaria nos 65 por cento, muito perto do valor registado em 2014 (66 por cento).

Esta estimativa de participação foi calculada com base nos resultados de participação eleitoral às 16h00, divulgados pela Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna às 17h00, adianta a Católica. A estimativa da participação é meramente indicativa e não tem por base os dados da sondagem que a Universidade Católica Portuguesa está a realizar para a RTP.

De acordo com a Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna, até às 16h00 tinha-se registado uma afluência às urnas de 23,37 por cento.
Mais eleitores
Os eleitores com capacidade eleitoral ativa este ano são no total 10.761.156, de acordo com o Ministério da Administração Interna. Nas anteriores eleições para o Parlamento Europeu, em maio de 2014, eram 9.753.568, de acordo com a CNE.

Há cinco anos, o mapa oficial de resultados da Comissão Nacional de Eleições das votações para o Parlamento Europeu mostra que votaram 33,67 por cento de eleitores, pelo que a abstenção foi de 66,33 por cento.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em Orlando, Donald Trump apresentou-se como vítima do jornalismo “fake” e insistiu no ataque à imigração ilegal.

Ján Kuciak e Martina Kusnírová foram encontrados mortos em casa, perto de Bratislava, a 26 de fevereiro de 2018.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.