97% dos cientistas responsabillizam Humanidade pelas alterações climáticas

| Mundo

A diretora do Centro para o Clima da Universidade Rovira i Virgili de Tarragona garantiu hoje que "97% da comunidade científica que trabalha no estudo do clima entende que as alterações climáticas são reais e têm causa humana".

A garantia de Manola Brunet foi dada durante a conferência, intitulada "A Ameaça Climática: Ciência versus Desinformação Interessada", que deu em cerimónia organizada pela Agência Estatal de Meteorologia, no Dia Meteorológico Mundial 2015, cujo lema é "Do conhecimento climático à ação pelo clima".

Durante a sua intervenção, Brunet denunciou "o falso debate" e "a campanha de desintoxicação" de alguns grupos de interesses, que procuram negar as evidências científicas relacionadas com as alterações climáticas e "acusam a comunidade científica ao ponto de a chamar terrorista".

A cientista acusou "os negacionistas das alterações climáticas de construírem as suas teses com base em pequenos erros que utilizam para anular toda a teoria, questionam o conhecimento científico em geral e apenas estudam períodos de tempo curto, nos quais não se observa a diferença a longo prazo no clima".

Brunet, que também integra a comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial, insistiu em que "o debate atual não se tem que se centrar se as alterações climáticas existem ou não, mas sim no que fazer para que a situação não piore".

Para suportar o seu argumento, apresentou informação que demonstra as alterações climáticas nos últimos 160 anos, desde que começaram os registos das estações meteorológicas, destacando que a temperatura média global já aumentou 0,8 graus centígrados desde o início do século XX.

Tópicos:

Ameaça Climática Ciência, Estatal, Meteorológica, Meteorológico, Rovira Virgili,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um "cemitério de dinossauros" descoberto na Argentina, com 220 milhões de anos apresenta fósseis de uma dúzia de animais.

    Um dia que ficará para a história. O dia em que um dos monumentos mais emblemáticos do Mundo foi apanhado pelo fogo.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.