Ativistas manifestam-se junto ao parlamento de Angola a pedir autárquicas em todo o país

| Mundo

Cerca de três dezenas de ativistas angolanos estão desde as 08h30 locais (mesma hora em Lisboa) a manifestar-se diante do parlamento, exigindo a realização "simultânea" em todos os municípios das primeiras eleições autárquicas em Angola previstas para 2020.

O protesto coincide com a abertura de nova sessão parlamentar, na qual os deputados vão analisar e aprovar na generalidade o pacote legislativo destinado a conformar todo o processo das autárquicas angolanas, que o governo pretende realizar apenas em alguns dos 164 municípios do país, enquanto a oposição exige que a votação ocorra em todas as autarquias.

Fernando Gomes, responsável da associação Agir, ligada à sociedade civil, disse à agência Lusa que, caso os deputados, maioritariamente do MPLA, votem a favor da proposta do governo irão "apelar ao boicote", assegurando que a votação tem de ter em conta também candidatos independentes, fora das esferas partidárias.

 

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.