"Há muito que era percetível a tensão entre forças armadas e o poder político no Zimbabué"

| Mundo
Há muito que era percetível a tensão entre forças armadas e o poder político no Zimbabué

Foto: Philimon Bulawayo - Reuters

O comentador de assuntos africanos da Antena 1, José Gonçalves, considera que há muito tempo que era percetível a tensão entre as forças armadas e o poder político no Zimbabwe.

Robert Mugabe está em prisão domiciliária, mas o presidente do Zimbabué encontra-se bem.

É o que assegura o presidente sul-africano, Jacob Zuma, que diz ter falado esta manhã com Mugabe.

Depois de uma noite agitada, durante a qual o exército do Zimbabué deteve o presidente do país e também a mulher.

A agência de notícias Associated Press chama-lhe uma transição política, sem derramamento de sangue, citando os apoiantes dos militares.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.