"Há muito que era percetível a tensão entre forças armadas e o poder político no Zimbabué"

| Mundo
Há muito que era percetível a tensão entre forças armadas e o poder político no Zimbabué

Foto: Philimon Bulawayo - Reuters

O comentador de assuntos africanos da Antena 1, José Gonçalves, considera que há muito tempo que era percetível a tensão entre as forças armadas e o poder político no Zimbabwe.

Robert Mugabe está em prisão domiciliária, mas o presidente do Zimbabué encontra-se bem.

É o que assegura o presidente sul-africano, Jacob Zuma, que diz ter falado esta manhã com Mugabe.

Depois de uma noite agitada, durante a qual o exército do Zimbabué deteve o presidente do país e também a mulher.

A agência de notícias Associated Press chama-lhe uma transição política, sem derramamento de sangue, citando os apoiantes dos militares.

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.