Pastor evangélico dos Estados Unidos vai ser libertado na Turquia

| Mundo
Pastor evangélico dos Estados Unidos vai ser libertado na Turquia

Foto: Reuters

Na Turquia, a justiça determinou a libertação imediata do pastor evangélico norte-americano acusado de atividades terroristas.

A situação de Andrew Brunson tem sido um dos principais braços de ferro, entre a Turquia e os Estados Unidos dando origem a um conflito diplomático entre os dois países.

O tribunal turco declarou o pastor culpado dos crimes e condenou o cidadão a três anos de prisão efetiva.

No entanto, por já ter estado detido, quer num estabelecimento prisional, quer em prisão domiciliária, o homem vai agora ser libertado, como nos conta o correspondente da Antena 1 em Ancara, José Pedro Tavares.


A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

      Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

        Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.