Schengen: Eduardo Cabrita defende liberdade de movimentos

| Mundo
Schengen: Eduardo Cabrita defende liberdade de movimentos

Foto: Reuters

Falhou o entendimento, no Conselho de Justiça e Assuntos Internos. A Alemanha decidiu prolongar por mais seis meses, as medidas de controlo na fronteira com a Áustria. Em causa, a chegada de migrantes.

Uma decisão que para o Comissário Europeu com a pasta dos Assuntos Internos já não faz sentido. Também o ministro português da Administração Interna, presente no Luxemburgo, defende que a liberdade de movimentos em Schengen é essencial.

A informação mais vista

+ Em Foco

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    Segundo um relatório da Amnistia Internacional, o número de mulheres vítimas de violência doméstica em Portugal continua elevado.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.