Acidente em Esposende. Movimentação de terras poderá ter sido a causa

por RTP

A Polícia Judiciária diz que ainda é muito cedo para se chegar a uma conclusão sobre as causas da derrocada que matou um jovem casal em Esposende. Mas garante que está a investigar uma movimentação de terras ocorrida em agosto num terreno próximo da habitação afetada.

As autoridades têm ainda de ouvir várias testemunhas e realizar todo um trabalho técnico.

Para isso, contam com o apoio de dois professores de engenharia da Universidade do Minho.
pub