Casas nos centros históricos vão ter isenção de IMI

| País
Casas nos centros históricos vão ter isenção de IMI

A ver: Casas nos centros históricos vão ter isenção de IMI

Os proprietários de casas nos centros históricos classificados pela UNESCO vão deixar de pagar IMI. A decisão do Governo já foi comunicada a todas as repartições de Finanças. Termina assim uma cobrança considerada ilegal pelos tribunais.

Há uma década que apenas os edifícios individualmente classificados como monumento nacional estavam isentos de pagar IMI.

Os proprietários e associações de centros históricos contestaram e os tribunais consideraram que a cobrança era ilegal. Estão, assim, isentos de pagamento de IMI todos os centros históricos classificados pela Unesco: Guimarães, Porto, Óbidos, Sintra, Elvas, Évora e Angra do Heroísmo.

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.