Centro Hospitalar Lisboa Norte volta a suspender atividade não prioritária

por RTP

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte volta a suspender cirurgias, exames e consultas não prioritárias. Assim, só se mantêm as cirurgias urgentes e as oncológicas nos hospitais de Santa Maria e Pulido Valente. Apenas as consultas prioritárias e essenciais vão acontecer presencialmente.

Uma medida justificada pelo aumento relevante de novos casos de Covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Já há uma semana a ministra da saúde tinha apelado aos hospitais da capital para abrandarem a retoma da atividade programa e vai ser mesmo emitido um despacho nesse sentido, pelo que mais centros vão suspender atos médicos considerados não urgentes.

Para o Bastonário dos Médicos este é um erro incompreensível. Miguel Guimarães sublinha que a gravidade dos novos casos não o justifica e que milhares de outros doentes continuam por tratar.
pub