Mãe ligada a suporte ECMO vai ser transferida para o serviço de obstetrícia

por RTP

Com evolução clínica muito favorável, vai ser transferida para o serviço de obstetrícia a mulher que deu à luz um bebé estando ligada a suporte ECMO. A mulher de 35 anos, infetada com Covid-19, não estava vacinada.

A mulher entrou no hospital há 11 dias com suporte ECMO. O bebé Santiago completa na quarta-feira uma semana de vida e encontra-se estável, a evoluir muito favoravelmente, e deverá ter alta hospitalar nos próximos dias.
pub