Pavilhão do Conhecimento celebra domingo o Dia Internacional da Diversidade Biológica

por RTP c/ Centro Ciência Viva
Foto: Pavilhão do Conhecimento/DR

O Pavilhão do Conhecimento celebra este domingo o Dia Internacional da Diversidade Biológica com experiências científicas que estarão a "rolar" durante todo o dia na "Bina Fresquinha". Mas também vai haver uma sessão de cinema com quatro curtas-metragens sobre a conservação da biodiversidade.

Na grande tela do Auditório José Mariano Gago, no Pavilhão do Conhecimento, serão projetadas, a partir das 15h00, as curtas “Bem-vindo à sexta extinção”, “Migrantes”, “As aventuras do jovem Félix” e “Echo”.

Esta iniciativa é organizada em parceria com o CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, que assinala os seus 25 anos de atividade com o lançamento do livro “Filmes do mundo em 25 anos de CineEco”. Será oferecido um exemplar a cada participante.

E é sobre as rodas de uma bicicleta que o Pavilhão do Conhecimento transporta ciência, entre as 11h00 às 18h30.

Bina Científica estará no espaço exterior do museu para oferecer experiências relacionadas com o papel que os vários organismos desempenham nos ecossistemas, nas cadeias alimentares e na monitorização da qualidade ambiental. E com um objetivo bem definido: descobrir como no mundo dos seres vivos tudo está interligado.

O Dia Internacional da Diversidade Biológica tem como base a Convenção sobre a Biodiversidade aprovada na Cimeira da Terra que teve lugar em 1992, no Rio de Janeiro. Uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas para a promoção do desenvolvimento sustentável através da conservação ativa da flora, da fauna e dos microrganismos, mas que se estende ao papel dos cidadãos como parte da solução.
pub