PJ de Leiria detém suspeito de abuso sexual procurado a nível internacional

| País

A Polícia Judiciária de Leiria deteve um suspeito de abuso sexual, que tinha um mandado de detenção internacional emitido pelas autoridades judiciárias da Bielorrússia, anunciou hoje fonte daquela polícia criminal.

Em comunicado, a PJ informou que, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, em colaboração com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Leiria, foi detido um homem de 41 anos, no dia 09 de outubro.

A detenção do suspeito numa "localidade do distrito de Leiria" surgiu no âmbito de um "mandado de detenção internacional emitido pelas autoridades judiciárias da Bielorrússia, país de onde é natural".

Segundo a PJ, "o detido é alvo de um inquérito criminal conduzido pelas autoridades daquele país pela suspeita da prática de crimes de abuso sexual de crianças, factos alegadamente cometidos, anos antes, naquele país".

O suspeito assume-se como "astrólogo" e foi presente ao Tribunal da Relação de Coimbra, que determinou a prisão preventiva.

Tópicos:

Fronteiras,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.