Vice-presidente da Câmara de Mação acredita que o pior já passou

| País
Vice-presidente da Câmara de Mação acredita que o pior já passou

A ver: Vice-presidente da Câmara de Mação acredita que o pior já passou

O vice-presidente da Câmara Municipal de Mação acredita que estes incêndios representam uma "altura crítica" uma vez que "o fogo continua a ter reincidências", apesar de o pior já ter passado e de não haver "perigo para as populações".

O autarca reagiu ainda à afirmação de António Costa, que hoje defendeu que a responsabilidade da proteção civil está do lado das autarquias.

"Eu acho que para o senhor primeiro-ministro ter, de algum modo, posto as culpas nos autarcas neste momento, isso só pode significar que [António Costa] está com dificuldade em lidar com a pressão que tudo isto está a causar", defendeu.

O vice-presidente da Câmara de Mação acredita, porém, que o primeiro-ministro "faz muita falta ao país" e é talvez o político "mais bem preparado para lidar com as questões dos grandes incêndios florestais e com os problemas do território".

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.