Presidente da juventude do PPE é a número dois da lista do PSD

| Política

Lídia Pereira, presidente da Juventude do Partido Popular Europeu (YEPP) e nome indicado pela Juventude Social Democrata (JSD), será a candidata número dois da lista do PSD às eleições europeias, revelou hoje o presidente do partido.

Na sua página oficial da rede social `Twitter`, Rui Rio escreveu que Lídia Pereira, de 27 anos, será a sua proposta para "n.° 2 da lista do PSD ao Parlamento Europeu".

Na mensagem, Rio nota que a presidente do YEPP é a "primeira personalidade portuguesa e a primeira mulher a presidir à maior organização política de juventude da Europa".

"O futuro passa pelos jovens", assinala o presidente do PSD.

A lista de candidatos sociais-democratas às eleições europeias é encabeçada por Paulo Rangel.

A 18 de fevereiro, a JSD anunciou que Lídia Pereira seria o nome indicado por aquela estrutura para integrar a lista do PSD às eleições que se disputam a 26 de maio, uma decisão tomada em Conselho Nacional Extraordinário.

"A JSD vê na Lídia Pereira a escolha certa e uma mais-valia para integrar a lista do Partido Social Democrata (liderada por Paulo Rangel) para as europeias 2019. Estamos certos de que a Lídia irá lutar pelos jovens europeus, tanto pelos seus direitos como pelas suas necessidades, no Parlamento Europeu", indicava o comunicado enviado às redações na altura.

A jovem, de 28 anos, é natural de Coimbra, onde começou o seu percurso na JSD e onde pertenceu aos órgãos distritais daquela estrutura.

Depois de uma passagem pela Comissão Política Nacional, no gabinete de Relações Internacionais, chegou à liderança do YEPP no ano passado.

"Atualmente reside e trabalha como consultora em Bruxelas", dava conta a JSD.

Citada pelo comunicado, Lídia Pereira referiu - na altura em que se candidatou à presidência do YEPP - que as eleições para o Parlamento Europeu são um "grande desafio", mas também uma "oportunidade única de afirmar uma Europa digital e humanista, sustentável e atenta às alterações climáticas, que se preocupa com um novo contrato social com igualdade de direitos e oportunidades para todas as gerações".

Tópicos:

Extraordinário, Juventude, Lídia, Popular, Rangel,

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.