Lince fêmea solta em fevereiro encontrada morta perto de Mértola

| Ambiente

|

Myrtilis, nome da Lince fêmea libertada na natureza no passado dia 8 de fevereiro, no âmbito do projeto “recuperação da distribuição histórica do lince ibérico (Lynx pardinus), em Espanha e Portugal, foi encontrada morta, por uma equipa de campo do ICNF.

Os elementos do Instituto de Conservação das Natureza e Florestas deram conta que o cadáver do animal foi encontrado numa zona próxima do local de solta, no decurso da monitorização dos animais reintroduzidos na região de Mértola.

Segundo o ICNF, as causas da morte deste exemplar são ainda desconhecidas, sendo o corpo do animal encaminhado para a faculdade de medicina veterinária para realização de necropsia e apuramento das mesmas.

A informação mais vista

+ Em Foco

"Governar Portugal", sustentou o novo líder social-democrata no discurso de encerramento do 37.º Congresso do PSD, passa por "ter as pessoas como centro e razão da ação".

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Foram sinalizados casos de mutilação genital numa escola da Baixa da Banheira. Uma associação trabalha com turmas. Ainda há rapazes que defendem a "submissão" como "saudável".

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.