Espólio da pianista Lily Rose Schenrich doado à Biblioteca Nacional

| Cultura

O espólio da pianista Lily Rose Schenrich, constituído por 30 volumes de música impressa, foi doado à Biblioteca Nacional de Portugal (BNP), anunciou hoje esta instituição.

Lily Rose Schenrich, condessa de Morella, nascida em Paris em 1864, casada com o marquês espanhol de Ter, apresentou-se como pianista em vários teatros em Espanha, França e Inglaterra.

Em 1920 assumiu a presidência da União das Mulheres de Espanha e representou este país em 1926 no Congresso da Aliança Internacional para o Sufrágio das Mulheres, realizado em Paris.

O espólio de Lily Rose Schenrich foi entregue à BNP pela sua neta, a pintora Carlotta Cabrera.

A doação, refere a BNP, irá integrar os fundos do Centro de Estudos Musicológicos.

Os 30 volumes encadernados entregues são edições dos finais do século XIX e início do século XX, contendo música para canto e piano, sonatas e concertos de Beethoven e Haydn, música de salão, obras breves de diversos autores, e ainda transcrições de árias de ópera para canto e piano, maioritariamente de compositores franceses.


A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes.

    Em entrevista à RTP, o paquistanês Ahmad Nawaz recorda o ataque de 2014 a uma escola de Peshawar.

    Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.