Filarmónica Gil lança "Por mão própria"

| Cultura

Dois anos depois do álbum que apresentou a banda de João Gil, Nuno Norte e Rui Costa, a Filarmónica do Gil edita na próxima semana "Por mão própria", com poemas de Ana Hatherly e e. e. cummings, entre outros.

"É mais um passo no sentido daquilo que pretendemos em termos de sonoridade e ambiente", disse à Lusa João Gil.

Para o músico, "há uma significativa evolução, relativamente ao primeiro álbum, a banda está agora mais coesa".

"Temos conversado muito os três - assinalou -, a estrada fez- nos muito bem, já nos conhecemos mais e este álbum está mais estruturado".

Ana Hatherly assina "Essa gente/aquela gente" e do poeta norte- americano E.E. Cummings a banda escolheu "Enquanto tu e eu".

"Foi complicado musicar o poema de Hatherly - admitiu Gil - Estava a habituar-me a compor ao pé da letra, e exigiu-me um outro esforço e senti até um certo pudor em intervir num universo alheio".

A escolha do poema de Cummings "foi por o entendermos como um grito de liberdade", explicou.

A cineasta Margarida Gil assina "Querida Margarida", um tema que conta com a participação da cantora Mónica Ferraz dos Mesa.

"É uma letra - descreveu o músico - em que a força motriz é da mulher, uma letra que remonta às primeiras experiências da sexualidade, e a Mónica foi extraordinariamente profissional e correspondeu exactamente ao que pretendíamos".

"Ao Nuno Norte, que partilha a interpretação, cabe mais o tom sorrateiro, bonacheirão e até irónico", acrescentou.

Outros temas da banda como "Ponto de rebuçado", que abre o álbum, ou "Antónimo do Nascimento" são de João Monge, que já assinara letras do primeiro álbum.

A Filarmónica conta fazer "a tradicional gira promocional pelas lojas FNAC" e em Maio apresentar-se ao vivo em Lisboa no Cinema S. Jorge.


A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.