Prémio literário "Cidade de Almada" atribuído a Rui Herbon

| Cultura

O vencedor da vigésima edição do prémio literário "Cidade de Almada", foi Rui Herbon, um lisboeta que cativou o júri com "O Romper das Ondas", um romance que narra a vida de várias personagens à moda de David Lynch.

O painel de júris constituiu-se por Lídia Jorge (em representação da Câmara Municipal de Almada), José Correia Tavares (em representação da Associação Portuguesa de Escritores) e José do Carmo Francisco (da parte da Associação Portuguesa dos Críticos Literários).

Em declarações à Agência Lusa, a escritora Lídia Jorge explicou que o trabalho de Rui Herbon se destacou dos restantes 47 apresentados a concurso pela originalidade da escrita e contemporaneidade dos temas abordados, como o conflito interior do ser humano, o amor, a dificuldade da comunicação, a perda, a morte e a busca de um sentido para a vida.

O prémio, de cinco mil euros, foi entregue a Rui Herbon esta noite, no Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada.

Para o vencedor, ganhar o prémio "Cidade de Almada" não significa apenas receber um cheque.

"Este tipo de prémios é sempre importante porque ao se concorrer como pseudónimo, o que acaba por ser avaliado não somos nós, mas o texto".

Rui Herbon nasceu em Lisboa, em 1972, vive exclusivamente da escrita e conta já com três obras editadas: "Voar como os pássaros, chorar como as nuvens", "Absinto" e "Os Girassóis".

Ao longo dos anos, o autor tem participado em vários concursos, tendo já recebido o Prémio de Narrativa Eixo-Atlântico 2002, o Prémio António Paulouro, os prémios Afonso Lopes Vieira e Orlando Gonçalves e o Prémio Maria Matos.

PYM


A informação mais vista

+ Em Foco

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.