Prémios Europeus da MTV entregues em Lisboa

| Cultura

|

Os Prémios Europeus de Música da MTV foram entregues numa cerimónia realizada no Pavilhão Atlântico, no Parque das Nações, em Lisboa.

Os Prémios Europeus de Música da MTV distinguiram os seguintes artistas:

Prémio Free Your Mind - Bob Geldof
Melhor Artista Português - The Gift
Melhor Artista Rock - Green Day
Melhor Artista Pop - Black Eyed Peas
Melhor Artista Alternativo - System of a Down
Melhor Artista Hip Hop - Snoop Dogg
Melhor Artista R&B - Alicia Keys
Melhor Álbum - "American Idiot", dos Green Day
Melhor Canção - "Speed of Sound" Coldplay
Melhor Videoclip - "Brothers Believe" - Chemical Brothers
Melhor Artista Masculino - Robbie Williams
Melhor Artista Feminino - Shakira
Melhor Banda - Gorillaz
Banda Revelação do Ano - James Blunt


Prémios MTV enchem Atlântico de "glamour" e estrelas reais e virtuais

Entre o apelo humanitário de Bob Geldof, o humor desconcertante de Borat Sadgiyev e a presença holográfica dos Gorillaz, Lisboa foi quinta-feira o palco privilegiado da música por conta dos Prémios Europeus da MTV.

Numa ocasião rara, no Pavilhão Atlântico estiveram dezenas de estrelas internacionais reunidas por causa da música, naquela que terá sido uma das maiores produções televisivas que Portugal já acolheu.

Numa emissão de três horas controlada ao segundo, o "glamour", a ousadia e um falso imprevisto mais do que planeado (a interrupção de uma actuação) dominaram o palco do Atlântico, em que Sir Bob Gedof foi um dos protagonistas.



O activista, que recebeu o Prémio Free Your Mind pelo contributo para a erradicação da pobreza em África, afirmou aos jornalistas que foi através da música que conseguiu alertar consciências para este problema.

Questionado sobre se era um artista ou um político, Geldof respondeu apenas que não quer o poder, recordando que com as verbas angariadas em Julho com o Live 8, mais de três milhões de pessoas em África vão receber tratamento contra a malária.

Além da de Geldof, foram deixadas outras mensagens políticas, quando o público vaiou o presidente dos Estados Unidos, George W.Bush, depois de um dos apresentadores ter mencionado o nome do governante, e quando os System of a Down afirmaram que a actual civilização "é um total fracasso".



O Pavilhão Atlântico esteve transformado num gigante estúdio televisivo, com todos os movimentos em palco e na plateia controlados ao minuto.

Os intervalos para publicidade eram aproveitados para dois animadores aquecerem o público, com palavras de ordem como "Portugal" e "MTV" às quais os presentes respondiam com um barulho ensurdecedor.

Os mais aplaudidos da noite foram Robbie Williams, Shakira e Green Day, todos eles a levarem para casa prémios em diferentes categorias.

Robbie Williams foi eleito o "Melhor Artista Masculino" e Shakira a "Melhor Artista Feminina".



Já os Green Day levaram dois dos três prémios para os quais estavam nomeados: "Melhor Álbum" e "Artista Rock".



Os Coldplay, que lideravam com cinco nomeações, conquistaram apenas dois galardões: para "Melhor Canção" e o prémio regional atribuído pela MTV no Reino Unido e Irlanda.

As mais desconcertantes intervenções da noite ficaram a cargo do anfitrião de serviço, o humorista Sacha Baron Cohen, que disfarçado de jornalista do Cazaquistão fez paródia deste país, trocadilhos sexuais a propósito de Shakira e das Pussycat Dolls, interrompeu a actuação dos Foo Fighters e - num disfarce sob disfarce - vestiu-se de Freddy Mercury.



A mais espectacular actuação da noite coube aos Gorillaz, que através da tecnologia e de hologramas em três dimensões, proporcionaram um actuação virtual, com as quatro personagens animadas em palco parecendo mesmo "de carne e osso".



Espectáculo formatado, com mudanças constantes de cenários, pirotecnia, efeitos visuais e de iluminação, a edição deste ano não esqueceu que foi feita pela primeira vez em Portugal, com a luso-canadiana Nelly Furtado a dizer algumas palavras em português.

Luís Figo e Nuno Gomes também marcaram presença no evento, embora tivessem falado em inglês, e o prémio para o Melhor Artista Português, atribuído aos The Gift, foi anunciado em língua portuguesa.



Três horas depois, sobressaiu o trabalho de uma máquina de produção da MTV bem oleada - apesar dos dez minutos de atraso - que está já de olhos postos na próxima edição.

O presidente da MTV Networks Europe, Bret Hansen, afirmou à Agência Lusa que já decidiu qual será a cidade europeia da edição de 2006, mas escusou-se a revelar o segredo.

The Gift vencem Prémio MTV para melhor artista português



Os The Gift venceram o prémio da MTV para Melhor artista Português, nos 12/os Prémios Europeus de Música, que decorrem no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.

A banda de Alcobaça conquistou o prémio para o qual estavam nomeados ainda os Da Weasel, os Humanos, os Blasted Mechanism e Boss AC.

O prémio foi anunciado em português pelos apresentadores da MTV Portugal, Diogo e Filomena.

Sónia Gonçalves, vocalista do quarteto, afirmou que este é o "momento mais alto da carreira" da banda, que editou em finais de 2004 o duplo álbum "AM-FM".

O prémio foi atribuído quase na recta final da cerimónia.

Prémio é "momento emblemático" para os The Gift - Nuno Gonçalves

Os The Gift consideraram hoje que o Prémio "Melhor Artista Português" atribuído ao grupo pela MTV Portugal é "um momento emblemático", mas têm poucas expectativas quanto a repercussões no futuro da banda.

No final da 12ª edição dos Prémios Europeus de Música da MTV, que decorreu hoje no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, Nuno Gonçalves, dos Gift, afirmou aos jornalistas que o galardão dará mais força à banda ao fim de 11 anos de carreira.

John Gonçalves, outro dos músicos do quarteto, recordou que se não fossem os esforços da banda nada tinham conseguido em termos de edição de álbuns, concertos e promoção.

"Depois deste prémio veremos se lá fora haverá mais respostas positivas", referiu John Gonçalves.

O duplo álbum "AM-FM", com o qual os The Gift foram hoje premiados, é o terceiro disco do grupo, depois de "Vinyl" e "Film".

Gorillaz eleitos Melhor Grupo pelos espectadores da MTV



Um dos mais importantes prémios atribuídos hoje pela MTV, o de "Melhor Grupo", distinguiu os Gorillaz, projecto criado por Damon Albarn e Jamie Hewlett e protagonizado por quatro personagens animadas.

Este foi o último dos prémios, fechando a noite da 12ª edição dos Prémios Europeus de Música, que Lisboa acolheu pela primeira vez.

A receber o prémio estiveram Jamie Hewlett, que desenhou as quatro personagens, e os De la Soul, que participaram no último álbum dos Gorillaz, "Demon Days".

Os Gorillaz conquistaram apenas este galardão, apesar de terem estado entre os favoritos, com cinco nomeações.

Bob Geldof recebe prémio Free Your Mind da MTV

O músico e activista britânico Bob Geldof recebeu o galardão "Free Your Mind", nos Prémios Europeus de Música da MTV, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.

Madonna, que inicialmente tinha apenas previsto actuar no evento, voltou ao palco do Pavilhão Atlântico para anunciar que o prémio foi este ano atribuído ao cantor e activista britânico, que organizou em Julho o concerto Live 8.

Este prémio é atribuído anualmente a uma personalidade ou associação que ao longo de um ano se tenha destacado na defesa dos direitos humanos e distinguiu anteriormente Bono, dos U2, ou a Amnistia Internacional.

Presente na cerimónia, Bob Geldof fez um discurso de agradecimento muito politizado a propósito do trabalho que é feito em defesa de causas humanitárias, como a pobreza em África.

Antes, a cantora colombiana Shakira, que já prometeu actuar em 2006 em Portugal, recebeu o Prémio da MTV para "Melhor Artista Feminina".

A artista, que agradeceu o prémio em português com ligeiro sotaque em brasileiro, actuou em 2003 no Pavilhão Atlântico e gravou este ano o álbum "Fijación oral" totalmente cantado em castelhano.

O prémio "Melhor Videoclip", o único cujo vencedor não é escolhido pelo público, foi atribuído à dupla britânica de electrónica Chemical Brothers pelo tema "Galvanise", do álbum "Push the Button".

Com duas horas de emissão, falta ainda atribuir os prémios para melhor artista masculino, melhor canção, melhor grupo, artista revelação, além do prémio para o melhor artista português.

A informação mais vista

+ Em Foco

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Rosa Luxemburgo, "uma das melhores cabeças do socialismo internacional", foi assassinada há 100 anos.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.