Três ante-estreias de filmes portugueses na Cinemateca em Novembro

| Cultura

Três ante-estreias de longas-metragens portuguesas com estreita ligação ao documentário, "Brumas", "Ensaio sobre o Teatro" e "Juventude em Marcha" vão realizar-se na Cinemateca Portuguesa a partir de 2 de Novembro, com a presença dos realizadores.

"Brumas", a exibir a 02 de Novembro, é a última longa-metragem de Ricardo Costa, apresentada na Bienal de Veneza em 2003 na secção Novos Territórios.

A obra, rodada em Peniche em 2001, apresenta-se como um filme de ficção situado no limiar do documentário. O autor/protagonista reencontra, passados mais de 50 anos, a criada de casa, Maria José, que lhe contava histórias inverosímeis quando ele era criança.

Com exibição prevista para 13 de Novembro, "Ensaio sobre o Teatro", de Rui Simões, parte da adaptação teatral pelo Teatro O Bando de "Ensaio sobre a Cegueira", de José Saramago, construindo um documentário que retrata o seu processo criativo.

O realizador filmou a adaptação do texto pelo encenador, acompanhando de perto todo o trabalho criativo de João Brites e dos seus actores até ao momento da estreia, a que assistiu o escritor.

Ele próprio registo de processo criativo e retrato de bastidores, "Ensaio sobre o Teatro" propõe-se como ensaio em filme da arte de fazer teatro.

Na ante-estreia do filme, além do realizador, está prevista a presença do Nobel português da Literatura.

Em "Juventude em Marcha", com ante-estreia marcada para 16 de Novembro na Cinemateca e estreia nas salas comerciais a 23 de Novembro, o realizador Pedro Costa regressa à comunidade do Bairro das Fontaínhas, depois dos filmes "Ossos" e "O Quarto de Vanda".

Na longa-metragem, Pedro Costa segue Ventura, um dos residentes do bairro, entretanto destruído. Ao mesmo tempo abandonado pela mulher e prestes a ser realojado noutra casa, Ventura enfrenta uma profunda mudança na sua vida.

O filme foi apresentado na competição principal do Festival Internacional de Cinema de Cannes.

A informação mais vista

+ Em Foco

Várias organizações de defesa dos Direitos Humanos exigem uma investigação rigorosa.

A morte do advogado foi conhecida há dois anos, no Natal, mas existem vários indícios de que a possa ter simulado.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.