Percentagem dos serviços no PIB chinês ultrapassou a indústria

por Lusa

Pequim, China, 21 jan (lusa) - O setor dos serviços representou 46,1% do Produto Interno Bruto chinês em 2013, ultrapassando pela primeira vez a indústria, assinala o relatório anual do Gabinete Nacional de Estatísticas da China, divulgado na segunda-feira.

"A economia e a sociedade chinesas entraram numa nova fase", disse um perito do Centro de Informação do Conselho de Estado, Niu Li, citado pela agência noticiosa oficial.

Em 2013, a percentagem do setor dos serviços no PIB chinês aumentou 8,3%, mais 0,5 pontos percentuais do que a subida registada no setor secundário.

No total, a indústria representa agora 43,9% do PIB chinês e o setor primário (a agricultura) 10%.

A economia chinesa - a segunda maior do mundo, a seguir à dos Estados Unidos da América - cresceu 7,7% em 2013, igualando o desempenho do ano anterior.

O fosso entre ricos e pobres diminuiu, mas mantém-se acima do nível considerado socialmente perigoso, revela o mesmo relatório.

Em 2013, o coeficiente de Gini, que mede a desigualdade social, atingiu os 0.473, menos do que os 0.472 registados no ano anterior e muito abaixo do recorde de 0.491 apurado em 2008.

"Se o coeficiente de Gini se situa acima de 0.4 isso significa que a economia tem ainda muito a fazer para melhorar a distribuição dos rendimentos", comentou o diretor do Gabinete Nacional de Estatísticas da China, Ma Jiantang.

Tópicos