Unicer começa a produzir Super Bock no Brasil em dezembro

| Economia

A Unicer fechou um acordo de produção com uma empresa brasileira e vai começar a produzir a cerveja Super Bock no Brasil no final deste ano, anunciou hoje o novo presidente executivo da empresa portuguesa.

Falando no primeiro encontro com jornalistas desde que, a 26 de julho, assumiu a presidência executiva da Unicer em substituição de António Pires de Lima, que foi nomeado ministro da Economia, João Abecasis salientou tratar-se da primeira vez que a Super Bock vai ser produzida "fora de Portugal".

De acordo com o responsável, o acordo de produção foi celebrado com a empresa Riograndense, que, a partir de dezembro, vai produzir sob licença a marca Super Bock no Brasil.

O objetivo, adiantou, é dentro de cinco anos vender 10 milhões de litros naquele país.

A decisão de licenciar a produção no Brasil foi justificada por João Abecasis com os "preços proibitivos" a que a cerveja produzida na fábrica de Leça do Balio chegava aquele país, dadas as taxas e impostos a que está sujeita.

Segundo o presidente executivo da Unicer, a Super Bock produzida no Brasil será apenas para fornecer o mercado brasileiro - um mercado "gigantesco" de 12 mil milhões de litros - continuando os EUA e o Canadá a ser abastecidos a partir de Leça.

No âmbito da sua estratégia de internacionalização - onde tem vindo a apostar fortemente devido à contração do mercado interno - a Unicer tem ainda projetos em curso em Angola, Moçambique e na Arábia Saudita.

Em Angola, a cervejeira de Leça do Balio está a planear a construção de uma unidade industrial com um parceiro local, enquanto em Moçambique está presente "via exportação e distribuição", mas admite que "o projeto é ambicioso" e pode, "um dia", se atingir "uma certa escala", vir a implicar "produção local".

Em Moçambique, o objetivo é atingir vendas de 20 milhões de litros dentro de cinco anos.

Já na Arábia Saudita, a Unicer assinou um acordo com um parceiro local para venda da Super Bock sem álcool naquela país, prevendo que aquele mercado venha a representar 10 milhões de litros daqui a cinco anos.

Atualmente com um investimento de mais de 100 milhões de euros na expansão das instalações em Leça do Balio, a Unicer é líder de mercado em Portugal no setor das cervejas e das águas, com quotas de mercado de 48,9% e de 28,4%, respetivamente.

Depois de em 2012 ter faturado cerca de 500 milhões de euros, a Unicer prevê terminar este ano com resultados "em linha" com os do ano passado, mantendo como meta os mil milhões de euros até 2020.

 

 

Tópicos:

Arábia Saudita, Leça Balio, Pires, Riograndense, Unicer,

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevistada no Telejornal, a ministra da Saúde admitiu que reunir o consenso do PSD "não foi algo que tenha passado pelas preocupações do Governo".

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.