Um travesseiro para Maria de Belém

por Frederico Moreno

Foto: Lusa/Miguel A. Lopes

Depois da bifana de Vendas Novas, hoje foi a vez do travesseiro de Sintra. Maria de Belém cedeu à tentação e comeu o tradicional bolo, na pastelaria Piriquita, durante uma ação de campanha no concelho onde reside.

Sobre as negociações entre governo e sindicatos, a propósito do regresso às 35 horas semanais de trabalho, a candidata distancia-se: "ninguém deve interferir num processo negocial em curso e muito menos quem é candidato a Presidente da República ou quem é Presidente da República".

"Devemos respeitar o espaço que é próprio entre o Governo e sindicatos", frisou.