Os outros carris do Tua

| Grande Reportagem
Os outros carris do Tua

Foto: DR

No Vale do Tua, surgiu uma nova linha rabiscada pelo arquitecto Souto Moura, que barra o caminho do rio até ao Douro. Pelas aldeias ribeirinhas, tecem-se críticas, soltam-se anseios, desenham-se projectos turísticos para atrair gente à futura albufeira daquele que é considerado o último Rio de montanha do país. À UNESCO, já chegaram 22 mil cartas para tentar impedir a barragem que vai submergir terrenos e memórias no Alto Douro Vinhateiro. E engolir 16 quilómetros da mítica linha do Tua. A obra está quase concluída, o espelho de água começa a subir o vale, independentemente de todas as renitências. A EDP garante que cumpriu todas as normas ambientais e que a barragem vai produzir quatro por cento da energia hidroeléctrica gerada em Portugal.

«Os outros carris do Tua» grande reportagem de Nuno Amaral, com pós produção áudio de Rui Fonseca.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em entrevista à RTP, o candidato derrotado nas diretas do PSD diz que o partido deve serenar após o Congresso e admite que vai ser “muito difícil ganhar eleições" no quadro atual.

Nicolás Maduro quer alargar poderes e, para tal, leva a cabo eleições antecipadas. É um "golpe constitucional", na leitura de Filipe Vasconcelos Romão, comentador da Antena 1.

Abrir uma torneira e vê-la jorrar água. É um ato tão comum que nunca imaginamos um dia em que tal quadro possa desaparecer. Algo que está prestes a tornar-se realidade na África do Sul.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.