Passos acredita que país sabe "o caminho" desejado pelo PSD

| Maria Flor Pedroso
Passos acredita que país sabe o caminho desejado pelo PSD

Foto: RTP

Em entrevista à Antena 1, a primeira após o congresso de Espinho, do passado fim de semana, Pedro Passos Coelho sintetiza o que o seu PSD quer levar a cabo enquanto oposição: a curto e médio prazo.

Na entrevista conduzida pela jornalista Maria Flor Pedroso, o líder do Partido Social Democrata quis explicar a sua postura face ao Plano de Estabilidade a apresentar pelo Governo de António Costa a 27 de abril.

Em suma, a bancada laranja não apresentará uma alternativa porque, na perspetiva de Passos Coelho, as ideias do PSD são conhecidas.

Quanto à convivência institucional entre o primeiro-ministro, António Costa, e o sucessor de Cavaco Silva na Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o líder social-democrata afirma não estranhar a boa relação entre aqueles protagonistas da vida política do país.

Passos falou também do repto do PSD ao Executivo socialista para uma reforma da Segurança Social, para descartar qualquer corte de pensões. O que pode estar em causa, explicou, é outro tipo de financiamento.
Vozes discordantes

Sobre a situação do edifício financeiro português, o ex-governante revelou que o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, lhe disse serem necessários cerca de 50 mil milhões de euros para recapitalizar a banca.

Pedro Passos Coelho comentou ainda as vozes críticas que foram ouvidas no congresso do último fim de semana, entre as quais a de José Eduardo Martins. Nomeadamente a contestação a uma postura de subserviência à Europa. O presidente do PSD contrapõe que essa é uma ideia contaminada pelas críticas da esquerda.

No que diz respeito a Rui Rio, Passos disse tratar-se de um militante prestigiado no seio do partido, que terá a intervenção que entender como adequada.

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.