Angola com primeiro caso de bebé com microcefalia provocado pelo vírus

| Mundo

Angola registou esta semana o primeiro caso de um bebé com microcefalia provocado pelo Zika, elevando para três o número de pacientes detetados com aquele vírus, disse hoje à Lusa o representante da Organização Mundial de Saúde (OMS).

"É um caso de um bebé que nasceu com microcefalia. O teste da mãe deu positivo, é a informação que temos até ao momento", explicou Hernando Agudelo, referindo-se ao caso de um mulher, nacionalidade angolana, que deu à luz numa maternidade do Bengo, província vizinha de Luanda.

A confirmação laboratorial, entretanto comunicada à OMS, foi feita na segunda-feira, elevando para três o número de pessoas que desde dezembro foram infetados pelo Zika em Angola, dois cidadãos nacionais e um estrangeiro.

"Se há já há um caso de microcefalia relacionada com o Zika, quer dizer que vírus está a circular em Angola há nove meses ou mais", apontou o representante em Luanda daquela organização das Nações Unidas.

A informação mais vista

+ Em Foco

Os dados do sistema de Informação de Fogos Florestais da União Europeia (EFFIS) indicam que só entre os dias 14 e 15 de outubro arderam em Portugal continental cerca de 200 mil hectares.

    Na primeira entrevista pós-autárquicas, à Antena 1, Jerónimo de Sousa não poupou nas palavras. Afirmou que o "Governo ficou mal na fotografia e subestimou a situação" dos fogos.

    Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

      Acionar o artigo 155 da Constituição espanhola representa um momento único na História de Espanha. O Governo de Madrid já definiu os setores que quer controlar de imediato.