Concentração de CO2 na atmosfera aumentou 42% nos últimos 250 anos

| Mundo
Concentração de CO2 na atmosfera aumentou 42% nos últimos 250 anos

A ver: Concentração de CO2 na atmosfera aumentou 42% nos últimos 250 anos

O ano 2016 foi o mais quente desde 1880. Ultrapassou mesmo o último recorde, atingido em 2015.

O ano 2016 foi o terceiro ano consecutivo de recordes do aquecimento global, de acordo com um relatório da Agência dos Estados Unidos para a Atmosfera e os Oceanos, NOA.

O relatório acrescenta que desde o início do século 21, o recorde de temperatura global anual aumentou cinco vezes.

Filipe Duarte Santos, meteorologista e especialista em alterações climáticas explica o que se está passar no planeta.

O consumo de combustíveis fósseis e a deflorestação são os principais responsáveis pelo aquecimento da atmosfera planetária, devido à emissão de dióxido de carbono (CO2), refere.

A concentração deste gás na atmosfera aumentou 42 por cento desde o início da revolução industrial, há 250 anos, afirma ainda o especialista, lembrando que para o oproblema contribui ainda o aumento do metano e do óxido nitroso.

"Por isso, a temperatura média global é mais alta", explica.

Se nada mudar, o aquecimento global terá consequências gravosas para a humanidade inteira.

A informação mais vista

+ Em Foco

Apresentamos aqui o perfil dos cabeças de lista e cinco prioridades de ação por partido para o Parlamento Europeu.

    Debates, perfis, notícias da campanha. Toda a informação sobre as Eleições Europeias de 2019, que se realizam a 26 de maio.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.