Esso doa três milhões de euros para combate à malária

| Mundo

A Esso anunciou que irá doar três milhões de euros para projectos de combate à malária e outras campanhas de saúde pública em Angola, informou a empresa francesa de petróleos em comunicado.

O anúncio foi feito a propósito do dia africano do combate à malária que se assinala na quarta-feira e na qual a empresa também está envolvida em Angola.

A Esso patrocina as actividades alusivas à data no Município do Soio, no Norte de Angola, com a entrega de 500 mosquiteiros impregnados de insecticida de longa duração e 18 tendas à comunidade quimpondo.

"A nossa colaboração activa com o Programa Nacional de Controlo da Malária tem vindo a beneficiar o Município do Soio desde 2001, ano e localidade em que a companhia implementou pela primeira vez as iniciativas Roll Back Malária (Fazer Recuar a Malária)", refere o comunicado.

O dinheiro da empresa francesa será distribuído por várias organizações que se dedicam a projectos de combate à malária e a outras doenças infecto-contagiosas: Safe Blood For Africa, JHPIEGO (ligada à Universidade John Hopkins), MediSend International, Africare, Population Services International e Organização Mundial da Saúde.

A Esso pertence ao grupo ExxonMobil que este ano assumiu o compromisso de entregar uma verba de dez milhões de euros para a luta contra a malária.

A informação mais vista

+ Em Foco

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    Segundo um relatório da Amnistia Internacional, o número de mulheres vítimas de violência doméstica em Portugal continua elevado.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.