Rússia ordena aos Oficiais no exterior para regressarem a casa - Daily Mail

| Mundo

|

A notícia está a ser avançada pelo Daily Mail, a Rússia está a ordenar a todos os oficiais no exterior para regressarem a casa. O motivo apresentado é o aumento da tensão internacional e a perspetiva de uma guerra global.

Segundo uma notícia avançada pelo jornal inglês Daily Mail, a Rússia está a ordenar a todos os Oficiais no exterior e aos seus familiares para regressarem a casa. As razões invocadas são o aumento da tensão internacional e a perspetiva de uma guerra global.

De acordo com o site russo ZnaK.com, a ordem é extensível a todos os funcionários russos no exterior e foi pedido para as crianças serem retiradas das escolas internacionais imediatamente.

O jornal inglês teve acesso à informação através de políticos russos e de altas figuras do estado que afirmaram que a ordem foi dada pelo próprio presidente, Vladimir Putin.

Foto: Reuters

Esta alegada ordem acontece um dia depois do Presidente russo ter cancelado uma visita oficial a França na sequência de afirmações do Presidente francês, François Hollande, que disse que os recentes bombardeamentos russos em Aleppo podem ser considerados “crimes de guerra”.

O ex-presidente soviético, Mikhail Gorbachev, avisou que o mundo “está numa situação perigosa” devido ao aumento da tensão entre a Rússia e os Estados Unidos.
Obama afirma que Rússia vai ter resposta “proporcional”
O Presidente dos Estados Unidos afirmou que a Rússia vai ter uma resposta “proporcional” aos seus atos de pirataria informática nas eleições presidenciais norte-americanas.

“O Presidente disse que o governo dos EUA possui capacidades significativas para defender os sistemas dos Estados Unidos e também para realizar operações ofensivas em outros países”, disse Josh Earnest, o secretário de imprensa da Casa Branca.

Foto: Carlos Barrias - Reuters

Na passada sexta-feira, o executivo de Barack Obama reconheceu publicamente pela primeira vez, que acreditava que o governo russo foi responsável por roubar e divulgar e-mails do Comité Nacional Democrata e de uma série de outras instituições.

Recorde-se, que recentemente os sites WikiLeaks, DCLeaks.com e Guccifer 2.0, divulgaram alegadamente correspondência eletrónica da candidata presidencial, Hillary Clinton.

Este é mais um fator de tensão entre os Estados Unidos e a Rússia depois dos dois países terem trocado uma série de acusações sobre o falhanço do cessar-fogo na guerra da Síria.

Entretanto, segundo um artigo online da CNN, o Ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, afirmou que vai haver novas conversações entre os dois países em Lausanne, na Suíça, sobre a guerra na Síria.

Tópicos:

Guerra, Obama, Putin, Rússia, Síria, EUA,

A informação mais vista

+ Em Foco

Apresentamos aqui o perfil dos cabeças de lista e cinco prioridades de ação por partido para o Parlamento Europeu.

    Debates, perfis, notícias da campanha. Toda a informação sobre as Eleições Europeias de 2019, que se realizam a 26 de maio.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.