Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

| País
Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

A ver: Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

Paulo Portas e Assunção Cristas participaram activamente, enquanto governantes, em decisões que beneficiaram o grupo Mota-Engil. O grupo para onde foi agora trabalhar o ex-presidente do CDS.

A equipa do programa Sexta às 9 investigou o processo da polémica construção da barragem de Foz-Tua.

Uma obra de mais de 300 milhões de euros, cujo consórcio construtor é liderado pela Mota-Engil.

As intervenções dos então dirigentes centristas garantiram que a obra fosse mesmo até ao fim. A albufeira começou a encher esta semana.

A informação mais vista

+ Em Foco

Veja ou reveja aqui os debates na RTP com os candidatos às presidências das câmaras municipais das 18 capitais de distrito de Portugal Continental. A série é transmitida até 14 de setembro.

    Natalidade, envelhecimento, turismo, agricultura, emigração, pobreza, saúde, desigualdades. A Antena 1 fixa o país em duas dezenas de retratos no caminho para as eleições autárquicas.

      Sem possibilidade de receber os ordenados em euros ou de pagar as contas em Portugal, muitos recorrem ao mercado negro para trocar dinheiro.

      É portuguesa a única equipa do mundo que faz o despiste genético de cancro do estômago. Os investigadores viram agora renovado o financiamento.