Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

| País
Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

A ver: Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

Paulo Portas e Assunção Cristas participaram activamente, enquanto governantes, em decisões que beneficiaram o grupo Mota-Engil. O grupo para onde foi agora trabalhar o ex-presidente do CDS.

A equipa do programa Sexta às 9 investigou o processo da polémica construção da barragem de Foz-Tua.

Uma obra de mais de 300 milhões de euros, cujo consórcio construtor é liderado pela Mota-Engil.

As intervenções dos então dirigentes centristas garantiram que a obra fosse mesmo até ao fim. A albufeira começou a encher esta semana.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.