Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

| País
Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

A ver: Decisões de Portas e Cristas beneficiaram Mota-Engil

Paulo Portas e Assunção Cristas participaram activamente, enquanto governantes, em decisões que beneficiaram o grupo Mota-Engil. O grupo para onde foi agora trabalhar o ex-presidente do CDS.

A equipa do programa Sexta às 9 investigou o processo da polémica construção da barragem de Foz-Tua.

Uma obra de mais de 300 milhões de euros, cujo consórcio construtor é liderado pela Mota-Engil.

As intervenções dos então dirigentes centristas garantiram que a obra fosse mesmo até ao fim. A albufeira começou a encher esta semana.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

      Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.