Droga e notas de 500 em festa de reclusos na prisão de Sintra

por Rita Soares

Foto: Reuters

O cenário da festa é o Estabelecimento Prisional de Sintra e os protagonistas são reclusos. Nas imagens que saíram da cadeia, filmadas pelos prisioneiros, veem-se notas de 500 euros e alguma droga.

O inquérito em curso sobre os vídeos, noticiados pelo Correio da Manhã, pretende apurar o contexto em que terá decorrido a festa.

Procura ainda investigar o uso de telemóveis na prisão de Sintra, algo que está proibido.

Entretanto e após o relato jornalistico a Direção Geral de Reinserção e Serviços Sociais admite enviar participações para o ministério público, se forem apurados ilicitos criminais por parte dos recluos envolvidos numa alegada festa no bar da prisão de Sintra.

Em nota enviada à Antena1 os serviços prisionais sublinham que o episódio foi identificano no momento em que aconteceu e que está em curso um processo de inquérito.

Os reclusos que aparecem nas filmagens de telemóveis divulgadas nas redes sociais já foram identificados e vão ser colocados em regime de segurança.

A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais garante que controla à entrada a circulação de telemóveis e de estupefacientes no sistema prisional, bem como de qualquer outro produto ilícito, sendo este procedimento um dos trabalhos diários do corpo da guarda prisional.