Exposição de pintura retrata orla costeira de Sintra

| País

A zona costeira que vai do Cabo da Roca às Azenhas do Mar é tema duma exposição de pintura hiper-realista de Rui Cristino da Silva, a inaugurar sábado em Sintra.

O pintor demorou exactamente um ano a preparar esta sua primeira exposição individual de 20 obras, intitulada "Da Roca às Azenhas", que será inaugurada pelo presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara.

Rui Cristino da Silva começou a preparar a exposição a 01 de Abril de 2005 e apoiou-se em mais de 300 fotografias por ele tiradas à orla marítima de Sintra.

O pintor recordou, em declarações à Agência Lusa, que a zona retratada na exposição foi considerada pelas revistas Times e Newsweek como "a terceira região mais bela da Europa".

"Por ser uma região tão bela e nunca antes ter sido explorada na pintura, escolhi-a para tema da minha exposição", disse Rui Cristino da Silva.

Ao longo de 40 anos, o pintor trabalhou como designer criativo para agências de publicidade, tendo-se reformado para se dedicar a tempo inteiro à pintura.

O pintor já participou na primeira Bienal Luso-Espanhola dos Publicitários, Artes e Letras, na Sociedade de Belas Artes em Lisboa no ano de 1967 e na Real Sociedade de Belas Artes em Madrid em 1968.

A exposição estará disponível ao público na Galeria Municipal de Sintra até 26 de Abril.

A informação mais vista

+ Em Foco

Sabrina, Quincy, Luís e Victor. São os nomes de quatro requerentes de ...

    Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.