Governo admite que resíduos de Itália sejam depositados em aterro

| País
Governo admite que resíduos de Itália sejam depositados em aterro

A ver: Governo admite que resíduos de Itália sejam depositados em aterro

As várias análises efetuadas no Laboratório do Instituto Superior Técnico revelam que o lixo está dentro dos parâmetros adequados para serem depositados em aterro.

O lixo chegou a Portugal em outubro, proveniente de Nápoles com a classificação de urbano, mas a Agência Portuguesa do Ambiente não fiscalizou a perigosidade dos resíduos.

A RTP denunciou a situação, o negócio foi suspenso e a Inspecção Geral do Ambiente mandou recolher amostras para análise.

As quase 3 mil toneladas de lixo ficaram a aguardar pelos resultados em Setubal e receberam agora a luz verde do ministério do Ambiente: o lixo não está contaminado e pode ser depositado em aterro.

O Governo já notificou o Centro Integrado de Tratamentos de Resíduos Industriais.

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Um olhar aos altos e baixos da relação entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.