Incêndio em Cascais controlado ao final da tarde

por RTP

Fotografia: Mário Cruz - Lusa

O incêndio ameaçou habitações e provocou o corte da auto-estrada A5. Cascais ficou envolta numa espessa nuvem de fumo.

O combate às chamas envolveu mais de 300 operacionais (bombeiros, GNR, da polícia municipal e da protecção civil) e 83 viaturas além de quatro meios aéreos pesados.

Sobre as casas ameaçadas pelas chamas, o comandante das operações desvalorizou os receios. "Os bombeiros mantiveram sempre as habitações em segurança" garantiu.

Às 18h30 o comandante das operações fazia o balanço da situação: Oitenta por cento do perímetro do incêndio" estava "dominado" e 20 por cento estava a "ceder significativamente aos meios aqui envolvidos".

O vento forte que se fez sentir em toda a zona dificultou o combate às chamas, como reconheceu o comandante.

O Presidente da Câmara de Cascais acompanhou também todas as operações de combate ao incêndio.