Presidente eleito do Sindicato dos Magistrados diz que Pinto Monteiro não queria investigações a poderosos

| País
Presidente eleito do Sindicato dos Magistrados diz que Pinto Monteiro não queria investigações a poderosos

Foto: Antena 1

O novo presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) ainda não tomou posse, mas lança já uma forte acusação. António Ventinhas diz que Pinto Monteiro não apoiava investigações a pessoas poderosas.

É uma acusação direta ao antigo Procurador-Geral da República Pinto Monteiro.

O recém-eleito presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, António Ventinhas, diz que o antigo PGR não apoiava investigações a pessoas poderosas e que muitos procuradores envolvidos em processos mediáticos enfrentavam processos disciplinares.

Na entrevista à jornalista da Antena 1 Cristina Santos, António Ventinhas afirma que o Ministério Público tem agora mais apoio por parte da Procuradoria. Algo que não acontecia no tempo de Pinto Monteiro.

Quanto ao estado da máquina judicial em Portugal, o sindicalista alerta para a falta de magistrados e funcionários e diz que há tribunais a funcionar em serviços mínimos.

O novo conselho diretivo vai pedir uma audiência à ministra da Justiça, desde logo por entender que estatutos das magistraturas que não se adequam à nova organização judicial.

António Ventinhas venceu no último sábado as eleições para a presidência do SMMP. Na entrevista à rádio pública, remata que a falta de recursos é nesta altura um dos maiores problemas do novo mapa judiciário.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.