TAP: Indignação a norte

| País

O conselho regional do norte quer uma intervenção do governo para travar o fim das rotas da TAP a partir do Porto.

Autarcas do Porto, Maia e Matosinhos. Associações empresariais. Universidades e politécnicos da região norte. Todos juntos numa mesma reunião. Em cima da mesa, um só tema: o conflito da TAP com o Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

A TAP garante que as quatro rotas europeias canceladas (Milão, Roma, Bruxelas e Barcelona) representavam um prejuízo de mais de 8 milhões de euros. O Conselho Regional do Norte reafirma a importância estratégica do Aeroporto Francisco Sá Carneiro e promete apoiar todas as iniciativas que o defendam.

O conselho decidiu também pedir esclarecimentos à administração da TAP que considera uma "companhia de bandeira" e por isso, não pode apenas privilegiar a Portela.  Ficou agendada nova reunião para Abril, já depois da data prevista para o cancelamento de quatro rotas a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

A informação mais vista

+ Em Foco

Elina Fraga, bastonária da Ordem dos Advogados, disse no 360º da RTP3 que a imunidade diplomática não pode ser geradora de impunidade.

O padre jesuíta Nuno da Silva Gonçalves vê a universidade como um grande laboratório da Igreja Católica com alunos de 130 países.

A ponte que começou por se chamar Salazar e recebeu, depois da Revolução dos Cravos, a designação de 25 de Abril cumpriu meio século. A RTP assinalou o aniversário com um dossier multimédia.

    Uma rubrica do site da RTP e do Jornal 2 dentro do contexto evocativo do centenário da Grande Guerra. Será emitida todas as segundas-feiras.